Plenário

Senador Veneziano reafirma posição contra porte de armas

Para o Senador Veneziano, que apresentou voto em Separado e teve aprovação dos demais pares.

Horas antes da votação em Plenário, nesta terça-feira, 18, do PDL 233/2019, que susta o decreto do governo que amplia as possibilidades de porte de arma (Decreto 9785, de 2019), o Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) reafirmou seu voto contrário a qualquer mudança ao Estatuto do Desarmamento.

 

Assinado em maio pelo presidente da República Jair Bolsonaro, o decreto concede porte a 20 categorias profissionais e aumenta de 50 para 5 mil o número de munições que o proprietário de arma de fogo pode comprar anualmente.

Para o Senador Veneziano, que apresentou voto em Separado e teve aprovação dos demais pares, o Governo não deve repassar para a população a atribuição de combate ao crime. “Isso é uma atribuição legal dos Governos, que possuem pessoal treinado pra isso. As estatísticas mostram que ter armas em casa tem feito inúmeras vítimas inocentes no País inteiro”.

Repórter PB

Destaques