Categoria

Sindicato trata com Polícia Federal sobre porte de arma para Oficiais de Justiça

A taxa de mortalidade é 470%, ou seja, 4,7% maior que a da própria PF.

O Sindicato dos Oficiais de Justiça da Paraíba pediu à Polícia Federal no estado uma maior sensibilidade por parte da Instituição, quando da apreciação de requerimento de porte de arma por integrantes da categoria, que desenvolvem atividade estatal que põem em risco suas vidas. A taxa de mortalidade é 470%, ou seja, 4,7% maior que a da própria PF.