Durante Reunião Cacá faz as pazes com Andrezão, e montam estratégia com bancada oposicionista para 2020

A conversa fluiu entre os vereadores, e André Gadelha após fumarem o “cachimbo da paz”, e planejaram estratégias visando as eleições municipais de 2020 na Cidade Sorriso

Os quatro vereadores que formam a base da oposição sousense se reuniram com o ex-prefeito André Gadelha para uma conversar séria a respeito de 2020.
A pauta iniciou com a reconciliação do Vereador, líder da bancada, Caca Gadelha com o líder das oposições, André Gadelha.

Os primos estavam arranhados, e afastados politicamente desde o episódio que levou a público que membros da família, e aliados de André estariam fazendo parte da administração de Luciano Cartaxo na Capital, o que teria deixado bastante irritado Caca Gadelha.

A conversa fluiu entre os vereadores, e André Gadelha após fumarem o “cachimbo da paz”, e planejaram estratégias visando as eleições municipais de 2020 na Cidade Sorriso.

Há possibilidade real dos quatro vereadores oposicionistas dividirem-se em dois blocos partidários, visualizando o coeficiente eleitoral para que não possam ser prejudicados eleitoralmente nas urnas no próximo ano.

A divisão partidária ocorreria da seguinte forma: os Vereadores, Flamarion Batista, e Bruna Veras comandariam o PV do Prefeito Luciano Cartaxo.

Os Vereadores Cacá Gadelha e Ananias Vieira, se filiariam ao PSD de Marcondes Gadelha.

Com relação a chapa majoritária, não ficou definido se de fato, André Gadelha assumiria a condição de pré-candidato a Prefeito.

Mas ficou o apelo dos Vereadores oposicionistas para que o ex-prefeito, André Gadelha admitisse a condição de pré-candidato a prefeito pelas oposições em 2020.
O bom da reunião que o Vereador Cacá Gadelha voltou as pazes com o primo Andrezão depois da revelação dos apadrinhados políticos na gestão de Cartaxo na Capital.

Pereira Jr.
Articulista, analista político, e Estudante de Marketing em Gestão Empresarial, e Política

Destaques