Sousa/PB -
A versão

Marcílio admite fala contra o Vereador Assis Estrela, após ser provocado com insinuações de “levar dinheiro para casa”

Marcílio Holanda conversou com o Portal REPORTERPB, ao tempo que apresentou sua versão sobre o caso já dito, confirmou o entrevero

Da Redação Repórter PB

11/11/2023 às 20:32

Imagem Secretário de Infraestrutura de Sousa, Marcílio Holanda

Secretário de Infraestrutura de Sousa, Marcílio Holanda ‧ Foto: portal noticias já

Tamanho da fonte

Já percute a notícia dando conta do trato desrespeitoso, partido do Secretário de Infraestrutura do Município de Sousa, Marcílio Holanda com o Vereador, Assis Estrela na manhã deste sábado (11) em um restaurante no Centro de Sousa.

Leia mais Secretário de Infraestrutura de Sousa é acusado de agredir verbalmente Vereador Assis Estrela, e caso gera revolta no legislativo

Marcílio Holanda conversou com o Portal REPORTERPB, ao tempo que apresentou sua versão sobre o caso já dito, confirmou o entrevero, mas asseverou que foi tirado do “sério” com algumas piadas proferidas pelo Edil contra a sua pessoa, quando o assunto foi o pedido para o conserto das estradas vicinais da região do Distrito da Lagoa dos Estrela.


-Cheguei em Toto pra lanchar pela manhã. O vereador e seu filho estavam lanchando. Cumprimentei-os, e sentei numa mesa ao lado. Ele por sua vez me perguntou quando seria feita as estradas da Lagoa, e respondi a ele numa boa que seria na segunda-feira. Ele logo após perguntou se já tinha aonde tirar o material. Eu disse que Radamés já tinha conseguido, e nós começaríamos na segunda, e ele por sua vez ficou com piada, que ele sempre gostou disso, e ficou insinuando que se não levasse o dinheiro pra casa dava pra fazer a estrada, contou Marcílio.


O Secretário admitiu que mediante “as piadas” proferidas por Assis Estrela com insinuações, ocorreu a irritação, e acabou proferindo a fala pejorativa, que terminou no constrangimento público. 


-A conversa com ele (Assis Estrela) estava muito boa, se não fosse as piadas dele e a insinuação não teria acontecido nada disso, revelou o Secretário de Infraestrutura, reclamando ainda das falas picotadas ditas por Assis contra a sua pessoa, insinuando roubo: “o negócio de Assis é dizer que tão roubando. Aonde ele chega diz isso. Encheu muito o saco e terminei mandando ele ir pra aquele canto mesmo”, sustentou. 


Marcílio lastimou o acontecido, afirmando que “não era de desrespeitar ninguém, e que trata bem todas as pessoas”. 

 

Fonte: Repórter PB

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.