Sousa/PB -
Vítima de Acidente

Hospital de Catolé realiza cirurgia ortopédica de urgência e evita transferência de paciente para outra cidade

O Hospital de Catolé do Rocha é referência para 10 municípios da 8ª Região de Saúde

Por Redação do Reporterpb

22/02/2024 às 21:01

Imagem Cirurgia em Danuzia Tarciana de Oliveira, 49 anos, mais conhecida como ‘Branquinha’, vítima de atropelamento

Cirurgia em Danuzia Tarciana de Oliveira, 49 anos, mais conhecida como ‘Branquinha’, vítima de atropelamento ‧ Foto: Divulgação

Tamanho da fonte

Foram exatos 30 minutos entre a chegada no Hospital Dr. Américo Maia de Vasconcelos, unidade da rede estadual na cidade de Catolé do Rocha, e o começo da realização de uma cirurgia de urgência de correção de fratura de tíbia e fíbula, graças à interiorização da assistência de saúde promovida pelo Governo da Paraíba que possibilita o atendimento do paciente em sua própria cidade ou região. Esse caso aconteceu na noite dessa quarta-feira (21), com a agricultora Danuzia Tarciana de Oliveira, 49 anos, mais conhecida como ‘Branquinha’, da cidade de Brejo dos Santos.

Danuzia parou na estrada para socorrer um amigo que tinha sido acidentado com uma moto na PB-323, na noite dessa quarta-feira, em Brejo dos Santos, quando foi surpreendida por um automóvel desgovernado que passou por cima dela e do amigo acidentado. Ela foi socorrida para o Hospital de Catolé do Rocha e em menos de 30 minutos a paciente já estava na sala de cirurgia para o procedimento. O amigo faleceu no caminho e já chegou à unidade em óbito. “Estou me sentindo muito bem, apesar do que aconteceu. Só estou triste pela morte de meu amigo. Estou também muito agradecida pelos cuidados que recebi aqui”, disse ela.

O filho da paciente, Artur Henrique Oliveira, que acompanha a mãe no hospital, disse que a assistência foi muito rápida e eficiente. “Eu estou impressionado com o atendimento aqui. Não tem o que falar mal, ele foi extremamente rápido, vi a equipe toda mobilizada e sobre a cirurgia de minha mãe só deu tempo de eu sair para fora do hospital e quando eu voltei para a recepção ela já tinha sido levada para o bloco cirúrgico. Estou grato a toda a equipe pela assistência que estão dando a minha mãe”, comentou ele.

Na última quinta-feira (15), o hospital já havia realizado, com sucesso, uma cirurgia ortopédica de urgência em uma criança de quatro anos. A cirurgia foi uma correção de fratura no cotovelo esquerdo. A mãe do menino, a agricultora Edileide Alves Dantas, também enalteceu a rapidez do atendimento. Arthur Henrique brincava em frente a sua casa e, por volta das 16h, sofreu uma queda e fraturou o cotovelo esquerdo. Entre o acontecimento e a realização da cirurgia de urgência, passaram-se pouco mais de duas horas. “A gente chegou no hospital por volta das 17h e antes das 20h ele já estava sendo operado. Só tenho a elogiar o atendimento e a rapidez com que meu filho foi atendido e muito bem cuidado. Foi um serviço excelente, eu só tenho a agradecer”, disse a mãe do menino, que teve alta na sexta-feira (16), menos de 24h após dar entrada no hospital.

O diretor-geral do hospital, Fábio Cardoso, reitera a importância da disponibilidade deste serviço, implantado em novembro do ano passado na melhoria da assistência à população. “Essa agilidade no atendimento só é possível porque temos equipes de plantão e/ou sobreaviso que no menor tempo possível já estão a postos para realização dos procedimentos, como aconteceu com o Arthur, na semana passada, e com a Sra. Danuzia, ontem à noite”, destaca o médico, lembrando que antes das cirurgias ortopédicas serem disponibilizadas na unidade, os pacientes tinham que ser removidos para outros hospitais da rede estadual, em outras cidades, a exemplo de Patos e Sousa, para realização de procedimentos desta natureza.

O Hospital de Catolé do Rocha é referência para 10 municípios da 8ª Região de Saúde e tem nas consultas ambulatoriais e exames sua maior demanda, com cerca de seis mil atendimentos mensais e, desde novembro de 2023, se tornou referência também para procedimentos ortopédicos, consolidando assim a expansão deste serviço para o Sertão paraibano.

Fonte: Repórter PB

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.