Parlamentar

Senador Veneziano se posiciona a favor de Telemedicina, mas diz que tecnologia não pode substituir lado humano

O parlamentar concorda que é preciso aproveitar os benefícios que a tecnologia pode promover, especialmente no serviço público

Titular da Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), o Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) defendeu a assistência médica intermediada pela internet, mas ressaltou que o debate precisa ser aprofundado e que a tecnologia não pode substituir o lado humano. O uso do recurso da tecnologia nos procedimentos médicos já é realidade em muitos países, inclusive no Brasil, mas o assunto ainda tem provocado polêmica.

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) deverá fazer, em breve, uma audiência pública sobre o assunto. Veneziano considera o debate importante, pois, se de um lado os avanços tecnológicos auxiliaram muito a medicina, a telemedicina tem impactos na relação entre paciente e médico que precisam ser melhor avaliados.

O parlamentar concorda que é preciso aproveitar os benefícios que a tecnologia pode promover, especialmente no serviço público.

“Eu não tenho nada contra o reconhecimento àquilo que os avanços tecnológicos possam, como tem feito, oferecer à saúde. Mas nós não podemos trocar ou desconhecer o lado humano das relações que são mantidas entre o profissional da área de saúde, ou seja, o médico, junto ao paciente. Vamos fazer esse debate” observou.

Repórter PB

Destaques