SESSÃO ESPECIAL

Deputado quer que Assembleia Legislativa debata cortes na UEPB que ultrapassam meio bilhão

Tovar afirma que a Universidade Estadual é um patrimônio da Paraíba, responsável por pesquisas que melhoram e interferiram na vida de muita gente.

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) deu entrada em requerimento propondo a realização de uma sessão especial na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) para debater os cortes de recursos para a Universidade Estadual da Paraíba, que vem inviabilizando o seu funcionamento da instituição de ensino. “Esta Casa precisa debater os cortes de 30% do Governo Federal para as universidades, mas também precisa discutir e se indignar com os cortes para a UEPB que no período de 2009 a 2018 já somam R$ 577,2 milhões.

Tovar afirma que a Universidade Estadual é um patrimônio da Paraíba, responsável por pesquisas que melhoram e interferiram na vida de muita gente, além de formação de profissionais da melhor qualidade. Segundo o deputado, a gestão socialista não respeita a Lei de Autonomia da UEPB (Lei 7.643 de 2004), que assegura, entre outros itens, o percentual mínimo de 3% da receita ordinária arrecadada pelo Governo.

A UEPB passa por sérios problemas financeiros, tendo inclusive que atrasar o início do semestre. Não tem recursos para investir em melhorias na estrutura da instituição de ensino. No período 2019.1 mais de três mil alunos que passaram no período passado foram transferidos para as novas turmas, eles não ingressaram na instituição em 2018 devido aos cortes que vinham sendo efetuados. Ainda ingressaram mais 501 alunos em 2019, também pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para preencher as vagas que foram abertas este ano na instituição.

Atualmente, a UEPB tem 1,2 mil docentes efetivos e substitutos e cerca de 900 técnico-administrativos. A instituição conta atualmente com cerca de 18 mil alunos na graduação e em torno de 3 mil em especialização, mestrado, e ensino técnico. Atualmente, a UEPB conta com 366 projetos e 25 programas de extensão que atuam diretamente no atendimento à comunidade.

Repórter PB

Destaques