Serpentes

Polícia resgata cobras de cinco espécies no litoral da Paraíba

O resgate tinha sido feito pelos próprios moradores, após encontrarem a cobra na principal do bairro.

O Batalhão de Polícia Ambiental começou a semana com o resgate de seis cobras de cinco espécies diferentes, nessa segunda-feira (10), nas cidades de João Pessoa e do Conde, no litoral da Paraíba. Foram duas corre-campo (Thamnodynastes pallidus), uma cobra-verde (Philodryas olfersii), uma jiboia (Boa constrictor), uma coral (Micrurus lemniscatus) e uma salamanta (Epicrates cenchria).

Em um dos casos, registrado durante a noite, no bairro dos Novais, em João Pessoa, quando os policiais chegaram, uma serpente da espécie salamanta, com aproximadamente 1 metro, já estava em um balde. O resgate tinha sido feito pelos próprios moradores, após encontrarem a cobra na principal do bairro.

A equipe do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) que recebeu o animal reforçou a orientação aos moradores presentes, sobre os riscos de capturar por conta própria e informou quais as medidas que devem ser adotadas nessas situações, que é acionar a polícia e manter apenas o contato visual para não ter riscos nem para a população e nem para o animal.

Os outros resgates aconteceram nos bairros do Valentina, João Paulo II e Castelo Branco, na Capital, e na cidade do Conde, no Litoral Sul da Paraíba. Todos os animais já foram devolvidos à natureza e foram soltos em áreas de mata da Região Metropolitana de João Pessoa.

Repórter PB

Destaques