Confirmação de aliança do PSDB com o Cidadania em Sousa deverá ter desdobramento no futuro próximo

O Golpe que os Gadelhas não esperava

A cena é bem diferente mais é possível. Em Sousa o PSDB que tem a frente o Grupo dos Oliveiras deve nas próximas horas oficializar aliança com o Cidadania do Prefeito Fábio Tyrone para as eleições municipais.

Com isso já começa a especular nos bastidores políticos os desdobramentos que essa aproximação deverá proporcionar.

Uma delas é a possibilidade do Deputado Estadual, Júnior Araújo ter o apoio em 2022 do ex-prefeito João Estrela, após rusgas com o Deputado Lindolfo.
 
A segunda é a fraqueza do Grupo Gadelha neste campo quando tinha a garantia de acordos entre os Partidos PSC/PSDB de João Pessoa, e Campina Grande aliados com o Grupo dos Cunha Lima, mas em Sousa o Partido Socialista Democrático Brasileiro quebra essa hegemonia com ao principal rival: Cidadania.

Outro problema que, o Prefeito de São Francisco, Bosco Filho em Sousa terá em tese aproximação com o Deputado Estadual Lindolfo Pires do esquema político de Tyrone. Só para lembrar que em seu próprio município (São Francisco) são ferrenhos adversários.

Outra pergunta que não quer se calar: Lindolfo Pires (Podemos), aceitou junto ao Prefeito Tyrone aproximação do PSDB no Município de Sousa? Caso tenha aceitado. Em São Francisco principal praça de guerra como lidar com os problemas internos politicamente falando?


Lindolfo em São Francisco conseguiu levar do Grupo de Joãozinho, um dos principais aliados para a Oposição, e fez pré-candidato a Prefeito. Fato que revoltou muito o Alcaide Municipal. “Imperdoável”, comentam.


Já imaginaram em um palanque político em Sousa, Dr. Joãozinho saudado “o nobre deputado” Lindolfo Pires. Por outro lado, Lindolfo, “excelentíssimo Prefeito”, Dr. Bosco Filho. Em São Francisco, em palanque apostos, como seria essa saudação?


É fato que a política tem destas históricas. Converso até confuso para os incautos entenderem. Mas, acontece. Eu só narro os fatos. Essa é a minha missão de repórter. Entendam.


O Grupo Gadelha em Sousa pelo visto não ficará com muitos apoios partidários nesta eleição municipal. Comenta-se ainda que o próximo partido assinar adesão ao Grupo do Prefeito Tyrone é o PP de Aguinaldo Ribeiro em Sousa a pedido do Governador João Azevedo, após aliança formalizada na Capital.
É aquela máxima: “manda quem pode, obedece quem tem juízo”.


Há Jesus! Como eu aprendo com essas narrativas!!


Claro! Com a palavra, os protagonistas destas cenas.


Vamos aguardar os próximos capítulos?


Tenho Dito!

Pereira Jr.

Destaques