Críticas

Cantora Márcia Fellipe critica canonização de Irmã Dulce e desperta fúria de católicos

Numa cerimônia com presença de 50 mil pessoas, incluindo diversos brasileiros, o papa Francisco conduziu a canonização da freira Irmã Dulce na Praça de São Pedro.

A freira baiana Irmã Dulce foi canonizada pelo papa Francisco no último domingo, 13 de outubro, numa cerimônia realizada no Vaticano. A repercussão da celebração católica motivou críticas da cantora de forró manauara Márcia Fellipe, o que revoltou milhares de católicos nas redes sociais.

Numa cerimônia com presença de 50 mil pessoas, incluindo diversos brasileiros, o papa Francisco conduziu a canonização da freira Irmã Dulce na Praça de São Pedro. Agora, a religiosa católica, a quem foram atribuídos milagres, será chamada Santa Dulce dos Pobres, a primeira santa da denominação romana nascida no Brasil.

O papa Francisco recebeu as relíquias de um total de cinco canonizados. Segundo informações do portal G1, a relíquia da Irmã Dulce entregue ao pontífice foi uma pedra ametista com um pedaço do osso da costela da santa.

Críticas

Márcia Fellipe, cantora de forró muito popular nas regiões norte e nordeste, comentou a canonização da Santa Dulce dos Pobres de maneira que causou celeuma com os fiéis católicos.

No Instagram, ela reconheceu o trabalho social da freira, mas deixou clara sua inconformidade com a atribuição de santidade à religiosa: “Ajudar o próximo, sim! Mas não faz nenhum ser humano ser ‘santo’. Santo só o senhor Jesus Cristo. Não se deixem enganar (leiam a Bíblia). ‘E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará’. João 8:32”, escreveu a artista e empresária, citando o versículo bíblico que se tornou amplamente popular na campanha eleitoral para a presidência da República vencida por Jair Bolsonaro (PSL) em 2018.

A declaração de Márcia Fellipe foi recebida de forma negativa pelos usuários da rede social que seguem seu perfil. Entre muitas reações, houve quem partisse para agressões verbais.

“Ridícula, que falta de respeito. Quem é você para dizer o que é certo e o que é errado? Lê a Bíblia inteira e não sabe o significado de cada palavra. Sua leitura foi em vão. Leia novamente e compreenda as suas palavras, você não é digna de dizer nada. Respeite a religião dos outros. Não nos metemos na sua”, escreveu um internauta nos comentários da publicação.

“Herege”, afirmou uma seguidora. “Cadê o respeito pela religião dos outros?”, questionou outro.

Uma das pessoas fez menção ao esforço católico de consolidação da Bíblia Sagrada em um livro, séculos atrás: “Você só tem e diz que lê a Bíblia por conta dos católicos. Então, linda, não só leia e decore. Estude cada palavra”.

Até ataques de cunho pessoal foram feitos para deslegitimar a crítica feita pela artista: “Vive mostrando o corpo em todo lugar, essas músicas ridículas e vulgar e vem aqui comentar uma coisa dessas”, disse um. ”Respeite a fé das pessoas” e “Cante menos e estude mais a Bíblia meu amor”, foram alguns dos demais comentários, que se acumularam em centenas de críticas.

Com Gospel Mais

Repórter PB

Destaques