Benefício

Felipe Leitão comemora o pagamento do Abono Natalino que dobrou o valor por após sugestão ao governador

Foi o parlamentar que encaminhou no início da atual legislatura solicitação ao governador João Azevêdo para dobrar o valor do benefício.

O deputado estadual Felipe Leitão (DEM) se mostrou feliz com o início do pagamento do Abono Natalino, cujos quantitativos serão disponibilizados até o dia 23, seguindo a tabela disponibilizada pelo Ministério de Desenvolvimento Social (MDS). Foi o parlamentar que encaminhou no início da atual legislatura solicitação ao governador João Azevêdo para dobrar o valor do benefício.

À época, o valor era de R$ 32, passando a ser de R$ 64. O Abono Natalino, pago aos beneficiários do programa Bolsa Família, contempla mais de 516 mil famílias paraibanas. Com esse montante disponibilizado, serão injetados mais de R$ 37 milhões na economia da Paraíba.
Felipe Leitão explicou que apresentou propositura no início do ano, no intuito do Abono Natalino se tornar lei. Antes, o benefício era apenas um decreto governamental.

Sobre a necessidade de dobrar o valor do benefício, o deputado conversou com o governador João Azevêdo, explicando ao chefe do Executivo estadual que, desde a implantação do implemento, ainda na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho, permanecia inalterado o quantitativo disponibilizado.

“Desde 2013 o Abono não tinha reajuste, e continuava os mesmos R$ 32 reais. Eu mostrei ao governador e cobrei na tribuna da Assembleia que precisava de um reajuste, pois desde o primeiro ano que foi criado o programa, ele se mantinha no mesmo valor. Enquanto isso o salário mínimo havia aumentado, o gás aumentou, a sexta básica aumentou, e o Abono Natalino continuava estagnado”, revelou o deputado.

Observando esse prisma preocupante, relembra Felipe Leitão: “Foi aí que apresentei alguns estudos ao governador, mostrando que se o Abono Natalino tivesse sido corrigido de acordo com o aumento do salário mínimo, ele estaria em R$ 64 reais. E aí o governador atendeu a nossa sugestão, e dobrou o valor do benefício”.

Repórter PB

Destaques