Homicídio

Jovem de 20 anos é morto a tiros na PB; Polícia acredita em guerra entre gangues

O rapaz, que é ex-presidiário, foi mais uma vítima da guerra de gangues entre as quadrilhas da "Okaida" e do "Alemão", revelou a Polícia.

Um crime de morte foi registrado no início da tarde desta sexta-feira (17), no bairro do Mutirão, em Campina Grande, no Agreste paraibano.


Um jovem de 20 anos, identificado como Luciano da Silva, foi morto com disparos de arma de fogo. A Polícia Militar acredita que o mesmo tenha sido vítima de uma guerra de gangues.

De acordo com a sua companheira da vítima, o homem saiu de casa para pegar lenha para que a mesma pudesse cozinhar. Minutos mais tarde a mesma teria ouvido os tiros e, ao sair para ver o que havia acontecido, encontrou Luciano já sem vida em um chiqueiro de porcos do local.

O rapaz, que é ex-presidiário, foi mais uma vítima da guerra de gangues entre as quadrilhas da "Okaida" e do "Alemão", revelou a Polícia.

Repórter PB

Destaques