Sousa/PB -
Investigações

Foragido da Justiça e acusado de cometer homicídios é preso pela Polícia Civil

O homem negou a prática do furto, mas ficou constatado que ele tinha conhecido de que a arma era furtada.

Da Redação Repórter PB

02/02/2021 às 13:44

Ads 970x250
Imagem Polícia Civil

Polícia Civil ‧ Foto: Repórter PB

Tamanho da fonte

Após intensas investigações,  a Polícia Civil da Paraíba conseguiu prender um homem acusado de integrar uma organização criminosa e cometer uma série de crimes na cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa. Com ele, os agentes encontraram uma pistola furtada de um policial rodoviário federal.

O indivíduo é investigado por prática de tráfico de drogas e homicídios e estava foragido do sistema prisional desde 2019. Ele foi localizado e preso por equipes do Núcleo de Repressão Qualificada da Delegacia Seccional de Polícia Civil de Santa Rita.  A prisão ocorreu no início da noite dessa segunda-feira (1).

Segundo informações do delegado Walter Brandão, o foragido foi encontrado escondido na praia de Ponta de Campina, município de Cabedelo. O policial destaca que o preso é considerado de alta periculosidade.  "Ele é investigado por diversos crimes de homicídios e tráfico de drogas. É conhecido pela alcunha de “Pé Fino” e  estava foragido. Ele pertence a uma facção criminosa bastante violenta da cidade de Santa Rita", afirmou o delegado.

Ainda de acordo com Brandão, o preso estava de posse de uma arma de fogo no momento em que foi surpreendido pela abordagem dos policiais, mas foi cercado e não houve reação. Além de cumprir o mandado de prisão, os policiais ainda apreenderam uma pistola calibre .380, furtada de um policial rodoviário federal no ano de 2015.

O homem negou a prática do furto, mas ficou constatado que ele tinha conhecido de que a arma era furtada. Ele foi autuado pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e receptação dolosa e foi encaminhado ao sistema prisional. O caso segue para a Justiça.

Fonte: Repórter PB

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.