Prisão Preventiva

Após investigações, Polícia prende foragido que tentou matar mulher a facadas

O suspeito de praticar o crime tem 30 anos de idade.

Após intensas investigações, a Polícia Civil conseguiu prender um homem suspeito de ameaçar e tentar tirar a vida da própria companheira. A vítima foi ferida a golpes de faca, mas conseguiu sobreviver. O crime ocorreu em 19 de outubro do ano passado na Comunidade do Timbó, no bairro dos Bancários, em João Pessoa. Com medo das ameaças, a mulher saiu da Paraíba.

O suspeito de praticar o crime tem 30 anos de idade e teve a prisão preventiva decretada, mas estava foragido até o início da tarde desta sexta-feira (18), quando foi preso no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

Equipes da Delegacia de Atendimento à Mulher da Zona Norte de João Pessoa e da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) descobriram que o foragido estava escondido na região. Fizeram diligências e incursões e prenderam o suspeito. O trabalho ainda teve o apoio do serviço de inteligência da Secretaria de Segurança e Defesa Social .

O foragido foi conduzido à Deam Norte. Em seguida será encaminhado à Central de Polícia Civil de João Pessoa e ao Sistema Prisional.

Segundo investigações da Polícia Civil, após fazer a denúncia, a ex-mulher do suspeito passou a receber assistência da Patrulha Maria Penha, um serviço realizado pela Polícia Militar para proteger as vítimas de violência doméstica. No entanto, o homem se passou por funcionário da Patrulha Maria da Penha para ligar e fazer ameaçar de morte contra a ex-companheira.

Repórter PB

Destaques