Operação Alvorada

Armas de fogo e pé de maconha são apreendidos em ações da Polícia Civil na Paraíba

Os materiais apreendidos foram levados para a delegacia e serão submetidos a perícias.

A Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa da Capital (Homicídios), deflagrou na manhã desta quarta-feira (27), a Operação Alvorada, ocasião em que foram cumpridos 09 (nove) mandados de busca domiciliar e 02 (dois) mandados de prisão.

Os principais alvos estão situados no bairro do Rangel/Varjão, Comunidade Paulo Afonso e Funcionários I, nesta capital.

Segundo o delegado titular Carlos Othon, da DCCPES, a ação teve como objetivo avançar em investigações criminais, combater os crimes de homicídio, apreender armas de fogo e cumprir mandados de prisão de indivíduos ligados a conflitos entre facções na zona norte da capital".

Além dos mandados de busca domiciliar, foram cumpridos dois mandados de prisão, e um dos presos ainda foi autuado em flagrante delito por porte ilegal de armas de fogo de uso restrito (art. 16 da Lei 10.826/2003) e cultivo de substância entorpecente para uso pessoal (art. 28 da Lei 11.343/06). "Apreendemos um revólver e uma pistola, que provavelmente foram utilizadas em práticas criminosas, além de um pé de maconha", afirmou o delegado.

Os materiais apreendidos foram levados para a delegacia e serão submetidos a perícias.

A DCCPES, seguindo recomendação do Superintendente da 1ª SRPC, Dr. Luciano Soares, segue firme no combate à criminalidade, em especial aos crimes contra a vida ocorridos na capital.

 

Repórter PB

Destaques