IPC

Polícia Civil registra aumento de perícias em drogas na Paraíba

O número ė cinco vezes maior em relação aos 143 quilos examinados no mesmo período de 2019.

A quantidade de drogas ilegais periciadas pela Polícia Civil na Paraíba aumentou nos quatro primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

É o que revelam números do Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC/PB), instituição da Polícia Civil, responsável pela realização de perícias criminais.

De janeiro a abril deste ano, 743 quilos de entorpecentes foram periciados pelo IPC/PB.

O número ė cinco vezes maior em relação aos 143 quilos examinados no mesmo período de 2019.

A maconha (691 quilos) e o crack (30 quilos) foram os tipos de drogas mais examinados em 2020.

A realização da perícia é obrigatória por lei, para comprovar, por exemplo, os crimes de tráfico de drogas.

O IPC dispõe de equipamentos e equipe treinadas para detectar até as drogas que foram aprimoradas pelos criminosos recentemente.

Em João Pessoa, os exames são feitos no Laboratório de Análise de Entorpecentes do IPC, no bairro do Cristo Redentor.

O material encaminhado aos peritos é submetido a análises por meio de equipamentos e treinamentos, alguns até feitos com equipe da Polícia Federal.

Maconha e cocaína são as formas de entopercentes mais comuns. Mas há outros entorpecentes, a exemplo da maconha "skunk", que sofreu mutações para atingir alto poder alucinógeno.

A maconha “skunk” possui poder alucinógeno vinte vezes maior em relação à maconha comum. Por isso, seu preço no tráfico pode ser até 15 vezes maior.

Em novembro do ano passado, a Polícia Civil desativou três laboratórios clandestinos para a produção desse tipo de drogas em João Pessoa. Os imóveis, situados nos bairros de Portal do Sol, Quadramares e Valentina, possuíam estufas, duas mil mudas da planta, além de betoneiras e outros equipamentos que permitiam a produção em escala semi-industrial.

Dois homens foram presos. Em maio de 2020, em outra ação, a Polícia Civil apreendeu cerca de 500 quilos de drogas escondidas em um caminhão, no interior do Estado. Três pessoas foram presas.

 

Repórter PB

Destaques