vereadores

Requerimento que pede cassação da Mesa Diretoria da Câmara de Vereadores de Marizópolis, tem dada agendada para votação

De acordo com as fontes, Osmar teria entrado em entendimento com Carlos José para que seu Requerimento entrasse na pauta da próxima semana, no caso, dia 22

A polêmica sob a Ação apresentada no começo do ano pelo Vereador de Marizópolis, Carlos José pedindo a nulidade da eleição da mesa diretora do Legislativo que elegeu Osmar Vitalino como presidente ganha mais combustíveis.

No final de semana que passou, Osmar teria se encontrado com o colega Carlos José para entrar em “entendimento” para votação de um requerimento que pede em plenário a cassação da mesa diretora, que ainda está para ser votado. Carlos José aponta indícios de fraude na eleição.

Fontes informaram ao Portal REPORTERPB, que após essa reunião, o presidente da Câmara, Osmar Vitalino teria chamado o ex-presidente, Derval Olímpio, e Jorgenaldo Martins de “francos”.

LEIA MAIS - Ação que pede nulidade da posse do Presidente da Câmara de Vereadores de Marizópolis, Juiz negou Tutela de Urgência

Na eleição passada, os Edis votaram com Osmar Vitalino, e agora, há indicio que podem votar no requerimento de Carlos José, e assim em tese, prejudicarem a eleição da mesa diretora.

De acordo com as fontes, Osmar teria entrado em entendimento com Carlos José para que seu Requerimento entrasse na pauta da próxima semana, no caso, dia 22.

O Vereador Carlos Jose revelou que não tem nada contra a ninguém, quer apenas que a lei seja cumprida, e inclusive o Regimento Interno do Poder Legislativo Marizopolense.

Repórter PB

Destaques