município

Prefeito do Lastro aplica o mínimo inferior legal de 60% do Fundeb, déficit orçamentário, e recebe advertência do TCE

O Conselheiro, Antônio Nominando Diniz Filho, de posse do Relatório de Acompanhamento de Gestão, no intuito de prevenir fatos que comprometam resultados na gestão

O Prefeito, Athayde Diniz do Município do Lastro no Sertão da Paraíba, recebeu advertência do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba sob algumas inconformidades administrativas detectadas em sua Gestão.

O Conselheiro, Antônio Nominando Diniz Filho, de posse do Relatório de Acompanhamento de Gestão, no intuito de prevenir fatos que comprometam resultados na gestão orçamentária, financeira e patrimonial, emitiu alerta ao Município do Lastro.

As advertências foram a respeito das Aplicações em Magistério inferiores ao mínimo legal (60% dos ingressos do FUNDEB); 2. Despesas realizadas a conta de recursos do FUNDEB acima do total de ingressos de recursos desse fundo; 3. Déficit na execução orçamentária; 4. Baixa realização de Investimentos.

Repórter PB

Destaques