Parceria

Governo realiza atividades para marcar programação do Mês da Economia Solidária

No domingo (15), Dia Nacional da Economia Solidária, várias atividades estão programadas.

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH), através da Secretaria Executiva de Economia Solidária (Sesol) realiza no período de 6 a 20 de dezembro, o mês alusivo à Economia Solidária. No domingo (15), Dia Nacional da Economia Solidária, várias atividades estão programadas.

Em parceria com órgãos do poder público e entidades da sociedade civil, serão realizadas exposições, comercialização de produtos agroecológicos e artesanato, palestras, oficinas, entrega de equipamentos aos empreendimentos, atividades que dão visibilidade às novas relações de trabalho. Atualmente, são mais de 500 grupos organizados atuam na Paraíba.

A Economia Solidária é um processo diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. São redes de comercialização que fomentam a inclusão produtiva dos setores sociais mais vulneráveis, eliminando vícios que comprometem o bom exercício da cidadania, sem explorar a força de trabalho e construindo novas relações com base na solidariedade, autogestão, preservação ambiental, comércio justo e
consumo consciente.

Na Paraíba, diversas entidades integram esse processo de organização em redes; a exemplo da agricultura familiar, feiras agroecológicas, pontos fixos de comercialização e assistência técnica, associações de catadores, grupos de artesanato, fundos rotativos e bancos comunitários. Neste ano, a programação apresenta inúmeras atividades, que trarão para as salas de aula, praças e ruas, exemplos de trabalhadores que exercitam práticas de inclusão e mudança de vida, a partir desse fazer coletivo.

Segundo a secretária Executiva de Economia Solidária, Roseana Meira, “o mês de dezembro, é alusivo à economia solidária, num movimento de cooperação do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Humano, tendo à frente a Secretaria Executiva de Economia Solidária, juntamente com empreendimentos do segmento da economia solidária, cooperativas que formam hoje 80 empreendimentos acompanhados pela Sesol, que vêm fortalecendo o processo de comercialização. Neste mês, ainda faremos a entrega de equipamentos a empreendimentos da economia solidária, que totalizam cerca de R$ 500 mil em investimento”, observou.

Repórter PB

Destaques