Atenção

No Dia do Homem, SES faz alerta para cuidados com a saúde masculina

No Brasil, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).

No Dia do Homem, celebrado no Brasil em 15 de julho, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) orienta sobre os cuidados com a saúde masculina. A atenção e cuidado à saúde do homem devem andar em conjunto com as ações de Atenção Básica em Saúde, que, por sua vez, potencializa a busca ativa à população masculina e aproxima os homens das Unidades de Saúde da Família.

“Nesta data pontual nossa intenção é estimular que homens cuidem da saúde. Historicamente, culturalmente, o homem foi ensinado a acreditar que é muito forte e que não adoece e, claro, não é assim que funciona. Mas, é exatamente essa perspectiva que faz com que a população masculina não busque assistência médica. Aproveitamos esta data para reforçar que não é preciso ficar doente para cuidar da saúde, pelo contrário. Os exames periódicos e preventivos são essenciais para manter uma boa qualidade de vida”, alertou o coordenador da Área Técnica de Saúde do Homem na SES, Hélio Soares.

Agravos– As doenças que mais afetam a população masculina na Paraíba, de acordo com levantamento feito pela SES de 2014 a 2018, são: infarto agudo do miocárdio; fatores externos (acidentes, violência por arma de fogo ou arma branca); diabetes mellitus; pneumonia, acidente vascular cerebral hemorrágico; neoplasia maligna da próstata, neoplasia maligna dos brônquios e dos pulmões; neoplasia maligna do estômago; neoplasia maligna do fígado e vias biliares intra-hepáticas; neoplasia maligna da cavidade oral/traquéia, brônquio e pulmão.

No Brasil, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Sua taxa de incidência é cerca de seis vezes maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento. Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. O aumento observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos, pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do país e pelo aumento na expectativa de vida.

“Para diminuir a mortalidade por câncer de próstata, torna-se de extrema importância o incentivo à população masculina no que se refere à adoção de hábitos de vida saudáveis, bem como o autocuidado. A maioria dos cânceres de próstata cresce lentamente e não causa sintomas no início, mas tumores em estágio mais avançado podem causar dificuldades para urinar, sensação de não conseguir esvaziar completamente a bexiga, presença de sangue na urina e, em alguns casos, dor óssea na região das costas.

Por isso, o diagnóstico precoce da doença é essencial e este é realizado através do toque retal e da dosagem do PSA no sangue onde se pode avaliar a próstata. A população masculina deve procurar as Unidades de Saúde da Família para realização dos exames preventivos, se possível uma vez ao ano, após os 50 anos, ou conforme orientação médica”, informou Hélio.

Atendimento – A rede de Atenção básica é ordenadora e coordenadora do cuidado dos demais serviços de saúde, a exemplo dos serviços especializados.

“Os serviços especializados na rede hospitalar estadual entram de acordo com a necessidade individual. A Paraíba oferece diversos serviços, seja de reabilitação, urgência e emergência, saúde mental ou diagnóstico e laboratorial. Assim, é importante que o homem procure a Unidade de Saúde da Família mais próxima da sua residência pelo menos duas vezes por ano, ou sempre que apresentar necessidade, para fazer exames de rotina e acompanhamento”, pontuou Hélio Soares.

Sobre– O Dia do Homem é comemorado anualmente em 15 de julho no Brasil. Esta data foi inspirada no Dia Internacional do Homem (19 de novembro) e tem o objetivo de conscientizar a população masculina sobre os cuidados que devem tomar com a sua saúde.
No Brasil, o Dia do Homem foi criado por iniciativa da Ordem Nacional dos Escritores e é celebrado no país desde 1992.

Repórter PB

Destaques