Investigação

URGENTE: Câmara de Vereadores em Cajazeiras vira alvo de investigação do Ministério Público

A Promotora, Dra. Sarah Araújo Viana de Lucena foi designada para acompanhar o Inquérito Civil Público

A Câmara de Vereadores do Município de Cajazeiras virou alvo de investigação por parte do Ministério Público, instaurado nesta segunda-feira (20).

Consta tramitando na 4ª Promotoria de Justiça de Cajazeiras a Notícia de Fato nº.038.2021.000759, instaurada de ofício para apurar possíveis irregularidades no Portal Transparência da Câmara Municipal de Cajazeiras/PB, levando em consideração o preenchimento de tabela (em anexo), nos termos dos requisitos exigidos pela LC n. 101/2000 e Lei n. 12.527/2011.

A Promotora, Dra. Sarah Araújo Viana de Lucena foi designada para acompanhar o Inquérito Civil Público a fim de investigar o fato descrito, com fulcro no arcabouço jurídico em referência, determinando inclusive as seguintes diligências:

a) A autuação do presente Inquérito Civil, com a presente Portaria seguida dos documentos que a acompanham; 


b) A promoção de toda e qualquer diligência preparatória que vier a se mostrar necessária no transcorrer do inquisitório, inclusive notificações, tomada de depoimentos e declarações, requisição de documentos outros, de perícias e informações, tudo com base nas prerrogativas ministeriais;


c) A fim de funcionarem como secretários no presente procedimento, ficam designados os servidores do cartório.


d) Publique-se extrato da presente portaria no Diário Eletrônico do Ministério Público da Paraíba;

e) Oficie-se a Câmara Municipal de Cajazeiras, por intermédio de seu Presidente, Eriberto Maciel, para que tome ciência do Relatório constante nestes autos e adotem as providências cabíveis para saná-las, no prazo de 15 (quinze) dias. Frise-se que o ofício deve estar acompanhado de cópia integral destes autos.


Repórter PB

Destaques