Sousa/PB -
Falecimento

Morre a ex-vereadora do município de Aparecida Erineide, esposa do empresário “Bio das Cocadas”

O seu esposo “Bio das Cocadas” como é mais conhecido, é proprietário da lanchonete “Ponto do Bio”, que fica nas margens da BR-230, no Centro de Aparecida

Da Redação Repórter PB

28/11/2021 às 10:35

Ads 970x250
Tamanho da fonte

Faleceu na madrugada desta domingo (28), a senhora Maria Erineide Alves Ferreira  aos 62 anos de idade, esposa do empresário “Bio das Cocadas”, que também é técnico do time Centro Sportivo Aparecidense (CSA), do município de Aparecida. 


Erineide já exerceu o cargo de vereadora na câmara municipal de Aparecida e vinha na luta contra um câncer, até que a doença foi mais forte e lhe tirou a vida. 

O seu esposo “Bio das Cocadas” como é mais conhecido, é proprietário da lanchonete “Ponto do Bio”, que fica nas margens da BR-230, no Centro de Aparecida. 

Erineide deixa três filhos, Tales, Tardelly e Taiane. O portal REPORTERPB lamenta profundamente a perca prematura de Erineide e se solidariza com todos os familiares e amigos. 

Homenagem de Tibério 

MARIA ERINEIDE ALVES FERREIRA

Lamentável perda para todos nós! Mas sabemos que Erineide, mesmo diante do sofrimento, lutou o quanto pôde. Mas que a lembrança dela seja do tipo que sempre a  caracterizou: Viver em alegria e contentamento.


Dentre todos nós da família era ela a mais extrovertida, que buscava alegrar a todos e vivia intensamente seus dias com suas marcantes gargalhadas...

Trabalhadora sem igual, mãe amorosa e esposa dedicada, sogra, irmã, tia, avó, madrinha e amiga diferenciada. Amiga de todas as horas.

Cidadã exemplar, que fazia do problema dos outros sua missão, que adorava exercer essa função sempre que pudesse, porque assim era seu viver, se engajava e brigava pelo direito de todos e por suas convicções.

Politicamente era uma leoa que não fugia da luta e enfrentava toda e qualquer dificuldade, pois era uma mulher de coragem. Sua partida é uma grande perda para Aparecida.

Pois bem, ao findar seu viver, porque assim Deus permitiu, resta-nos sofrer e chorar a sua perda, mas em seguida, que as boas lembranças nos console e que seu modo de ser nos alcance em profusão de alegrias, afinal, era desse jeito que nossa amada e querida Erineide sabia viver.

Ela honrou e escreveu uma bela história de vida. 

Nós te amamos muito, ERINEIDE!

Que Deus a receba na morada celeste por toda a eternidade.


Fonte: Repórter PB

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.