Sousa/PB -

Extras

Número de empresas aumenta no país, aponta pesquisa do IBGE

Rádio Agência

23/06/2022 às 11:37

Tamanho da fonte

O número de empresas ativas no Brasil aumentou em 2020. Foi uma alta de 3,7% frente a 2019, elevando o total de negócios a mais de 5 milhões. O resultado integra a pesquisa Demografia das Empresas e Empreendedorismo, que reúne números de 2020, e usa como referência o Cadastro Central de Empresas.

Apesar desse crescimento, o estudo divulgado nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística mostra uma redução no número de pessoas ocupadas. No período avaliado, os dados sinalizam uma redução em torno de 825 mil postos de trabalho formais no país.

Responsável pelo levantamento, o gerente Thiego Ferreira explica que desde o início da série histórica, em 2006, essa foi a primeira vez que a queda no contingente de assalariados ocorreu simultaneamente a um aumento expressivo no número de empresas.

Os número também ilustram uma outra realidade: em 2020, enquanto o número de homens assalariados caiu 0,9%, o de mulheres despencou quase 3%. Do total de postos de trabalho perdidos entre 2019 e 2020, mais de 70% eram ocupados por mulheres. SegundoThiego Ferreira, essa foi a menor participação feminina desde 2016.

A pesquisa Demografia das Empresas e Empreendedorismo do IBGE avaliou, ainda, que a maior redução de assalariados foi em segmentos como alimentação, administração pública, defesa e seguridade social e comércio. Já na outra ponta, os setores de saúde humana e serviços sociais registraram as altas mais significativas.

Ainda de acordo com o levantamento, em 2020 o salário médio pago pelas empresas no Brasil caiu 3% frente a 2019, chegando a R$ 3.043,81.

Economia Rio de Janeiro 23/06/2022 - 11:39 Leila Santos/Edgard Matsuki Solimar Luz - Repórter da Rádio Nacional IBGE quinta-feira, 23 Junho, 2022 - 11:39 3:48

Continue lendo ...
Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera