Tyrone critica falta de compromisso do Senador Veneziano: “Ele nunca se quer pagou uma água mineral aqui em Sousa”; Vídeo

Para Tyrone, essa repulsa para com a Cidade de Sousa por parte do Senador Veneziano, cabe a ele justificar a razão

O Prefeito Fábio Tyrone (Cidadania), criticou veemente atuação pífia do Senador Veneziano no Senado Federal, quando o assunto é o reconhecimento pela tamanha votação de quase 20 mil votos para senador no Município de Sousa.



As declarações foram dadas durante a entrevista coletiva nesta quinta-feira (18), quando foi lhe perguntado sobre parceiras, e aproximação com o Senador Paraibano Veneziano Vital do Rêgo, atualmente, vice-presidente do Senado Federal em relação a Sousa.



- Trabalhamos muito para ele ter muitos votos em Sousa. Ele nunca se quer pagou uma água mineral aqui em Sousa, e claro, não poderia ser diferente. Reconheço sua atuação parlamentar, mas quem tem que responder isso é ele, disse Tyrone sobre ausência de compromisso que o Senador tem para a cidade Sorriso que após sua eleição, deu as costas a população.



- Nós votamos nele. Eu devo muito satisfação a quem vota em mim. Devo muito satisfação em quem me confia o voto. Por isso esse esforço todo, a dedicação, a preocupação, a criatividade, a rasurável competência para justificar a confiança de muitas pessoas que em mim já votaram pela 3ª vez. Eu tenho que responder a elas, disse Fábio criticando o desprezo que o Senador presta aos eleitores sousenses que confiaram em sua palavra durante a eleição de 2018.


Para Tyrone, essa repulsa para com a Cidade de Sousa por parte do Senador Veneziano, cabe a ele justificar a razão pela qual ele não tem dado atenção aos quase 20 mil votos que recebeu, e depois desapareceu sem nenhuma satisfação, ou razão para tal atitude.



- Não sou amigo, e nem inimigo dele. Votei nele. Falei com ele, quando ele estava com o Governador João Azevedo há poucos dias, ele anunciou que vai mandar uma emenda para asfaltamento pra Sousa, coisa que é de obrigação do senador. Não há distanciamento, mas não há afinidade, completou o Gestor.
O entender do Prefeito Tyrone, amizade se constrói ao longo de um período, entretanto, o Senador Veneziano despareceu sem justificativa do Município de Sousa, e com isso deixou um vácuo sem tamanho, não pavimentando uma amizade sincera, verdade, compromisso leal, e deixou portanto, a visão que o Senador não teve a consideração pela votação recebida no município sem se quer gastar um “garrafa de água mineral”.



Tyrone foi claro ao dizer quem tem de procurar afinidade, aproximação com o povo de Sousa é o Senador ausente, indiferente com as causas do Município.
- Ele (Veneziano) tem obrigação com o povo de Sousa. O Município tem parceria quem quer tem parceria. A gente sabe que o dinheiro tem que voltar, por quer vai daqui. Agora com pires na mão, nunca. Nós temos altivez. Sousa é altiva. A gente quer o reconhecimento. Nós exigimos o reconhecimento. Estar na hora de efetivamente o senador mandar recursos para Sousa. Quanto de recursos? R$ 20 milhões. É a conta que eu acho que tem que ser investida em Sousa. Nada mais do que uma obrigação.



O Prefeito ressaltou também que não há nenhum desgosto com relação a pessoa do Senador ausente, e descompromissado Veneziano, e completou: “até por quer não há nenhuma afinidade pessoal”.



Veja Vídeo

 

Destaques