Cacá mira em Efraim: “A política de Sousa não precisa de forasteiro”; Vídeo

A gente rechaça qualquer tipo de insinuação de forasteiro, de gente que nem Sousa conhece. Interferir na sucessão municipal, aí não, ninguém aceita não”

Ressoou negativamente declaração do presidente do DEM na Paraíba, Deputado Federal, Efraim Filho, sob convite ao Médico, Dr. Zé Célio de Figueiredo para se filiar a legenda sem que haja antes uma conversa com as lideranças oposicionistas, ou que Ele (Efraim) tivesse participações históricas competentes de atuação política do Presidente da legenda no Município de Sousa.

O Vereador, Caca Gadelha, Líder da Bancada das oposições na Câmara em Sousa, disse ao Portal REPORTERPB, “que viu com muita tristeza, as insinuações do Deputado Federal, que obteve na Cidade de Sousa 151 votos, que a gente sabe como esses votos saíram, querer interferir na Oposição do Município”.

Cacá lembrou que “um homem do gabarito de Dr. Zé Célio não precisa receber indicação de quem quer que seja para ser candidato a Prefeito de Sousa. Tudo bem! O convite para se filiar ao DEM ele tem. É um direito de fazer, agora intervir na oposição sousense, dizer quem dever ser ou não ser candidato a prefeito, não”.

O Líder da bancada oposicionista no Poder Legislativo Sousense esclareceu que para decidir a questão política local já existem lideranças com história, conhecimentos e experiências, citou exemplo:

- Temos o ex-prefeito André Gadelha, Marcondes Gadelha um ex-senador da republica, e ex-deputado federal. Nós temos quatro vereadores de mandato, inúmeros suplentes de vereadores. Temos aqui na oposição, médico como Dr. Guilherme Carvalho, e o próprio Dr. Zé Célio, completou.

O Vereador Cacá Gadelha estranhou o comportamento do Deputado Federal, Efraim Filho em querer decidir questões pontuais das oposições sousenses, e arrematou: “Aí vem um Deputado Federal, que acho que nem em João Pessoa ele tem esse direito de intervir na sucessão municipal. Uma vez que Felipe Leitão é filiado ao DEM, quem tem esse direito lá é Felipe Leitão se formos falar de votos”.

Gadelha ainda alfinetou Efraim Filho ao comparar a quantidade de votos proporcional em João Pessoa. “Felipe tirou quatro vezes mais (em João Pessoa). Felipe disputou para estadual, e obteve 12.500 votos. Para deputado estadual, você sabe que é o dobro de candidato a Federal, e ele (Efraim), teve 6 mil, e alguma coisa para federal. Então ele vá interferir lá em Santa Luzia aonde ele vem perdendo as eleições sucessivamente. Pode até rever a prefeitura (Santa Luzia), mas com o prestígio pessoal, e próprio de Ademir Morais, e não dele, muito menos do pai (Efraim Morais).”

Por fim, o Vereador Cacá mira no Deputado Federal, e manda recado curto e grosso: “Então ele fique pra lá. A política de Sousa não precisa de forasteiro. A Oposição de Sousa na hora certa vai ter o candidato, e iremos para Rua com o candidato que iremos apoiar. A gente rechaça qualquer tipo de insinuação de forasteiro, de gente que nem Sousa conhece. Interferir na sucessão municipal, aí não, ninguém aceita não”.

Por Pereira Jr.
Analista, e Articulista Politico

Assista Vídeo

Destaques