Sousa/PB -
administrativo

Tyrone aprova Voto de Repúdio da Bancada à Lana Dantas, e adverte: “Não sou eu que tomo atitude para expulsar”

Tyrone até passou a senha para a companheira Lana: “peças de desculpas”

Da Redação Repórter PB

27/01/2022 às 12:07

Ads 970x250
Imagem

Tamanho da fonte

Quem acompanhou a entrevista Coletiva do Prefeito Fábio Tyrone (Cidadania) nesta quinta-feira (27), percebeu logo, que o Chefe do Executivo Municipal não estava para conversa “mole”.


Interrogado sobre como vai ficar a Vereadora, Lana Dantas (REDE) na Bancada Situacionista ao retorno dos trabalhos legislativos em 2022 após declarações em Público que “Vereadores (governistas) trocam votos por Saúde”, Tyrone reprovou a fala da Edil, e aprovou o “Voto de Repúdio” assinado pela bancada contra a atitude da Colega governista, e completou: “Achei de bom alvitre a Nota que os dez vereadores assinaram. Se eu fosse vereador mesmo da bancada contrário também assinaria”.


A fala do Prefeito Tyrone traz à baila uma informação que já existe um documento feito pela Câmara, aonde comprova que a fala da Vereadora Lana Dantas em público na Rádio Progresso FM em dezembro de 2021 na discussão com a Secretária de Saúde Amanda Silveira, “houve quebra de decoro parlamentar”, passível de cassação de mandato.


As declarações conducentes do Prefeito reforça o Documento em poder do Legislativo Mirim que espera um pedido de desculpa em público pela Vereadora Lana, que desde então, calou sobre o tem, deixando o dito por não dito, mas a macha nas mãos dos companheiros que na concepção da Edil “trocam votos por saúde” no Município de Sousa.


-Não sou eu que tomo atitude para expulsar. Quem toma atitude são os pares da Vereadora. Agora, tenho coragem de dizer aqui a minha opinião: acho que a Vereadora foi profundamente infeliz em externar a sua opinião. Todo mundo sabe o trabalho que faz a saúde de Sousa, e abnegação de Amanda, defendeu o Gestor.


Tyrone até passou a senha para a companheira Lana: “peças de desculpas”.


Os Trabalhos Legislativos da Câmara de Vereadores de Sousa, voltam na 1ª semana de fevereiro, e até lá, os Vereadores governistas esperam um posicionamento público da Colega, por quer os Parlamentares Mirins ligados a base governista não querem mais admitir constrangimentos como foram submetidos junto a população pela Colega de Bancada como aconteceu em dezembro passado.


Fonte: Repórter PB

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.