Agenda Oficial

ENTREVISTA: Azevedo visita perimetral, Hospital, garante lacen, disse acreditar em Vené, não armar palanque para Bolsonaro, e torce pela paz entre João e Lindolfo em Sousa; Assista

- Eu ficaria extremamente preocupa se não tivesse ninguém estar constando na nossa chapa. Mas ter a situação com perfil de um homem como Tyrone, isso pra mim é extremamente honroso, falou

O Governador João Azevedo esteve na tarde desta quarta-feira (28) em Agenda Oficial na Cidade de Sousa.

Acompanhado do Prefeito Fábio Tyrone, o vice-prefeito, Zenildo Oliveira, do Deputado Lindolfo Pires, e outras lideranças politicais estaduais, e locais, estiveram em visita ao obra da Perimetral que vai interligar a BR 230 a Rodovia que liga ao Município de Uiraúna.




Logo em seguida, a comitiva do Governador esteve em visita ao Hospital Regional, aonde foi recebido pelo Diretor, Dr. Gilberto Gomes Sarmento.

Na ocasião conheceu o local aonde vai funcionar o Tomógrafo, e UTI-Neo-Natal do Hospital Materno Infantil, e garantiu a implantação do Lacen/PB. 

Em seguida, esteve no Centro Cultural Professora Dodora.


O Prefeito Fábio Tyrone com sua Equipe apresentou ao Governador, a bandeira de luta que é a construção do Aeroporto do Sertão na Cidade de Sousa em uma maquete.

Ainda foi apresentado o Projeto “Lago da Estação” com construções de Praças, quiosques, ciclovias, e pavimentação asfáltica pegando na BR 230, passando pelos bairros, José Lins do Rêgo, São José, Estação, Lagoa dos Patos, até emendar com a Perimetral.

O Governador, João Azevedo ficou encantado com o projeto apresentado pelo Prefeito Fábio Tyrone.



Durante entrevista, Azevedo classificou de grande Projeto, dentro da linha do que se esperava da administração do Prefeito Fábio e Zenildo. “O Projeto é uma busca de uma requalificação urbana. O Prefeito está apresentando pela primeira vez, depois vamos sentar para a gente discutir o que é possível ser feito”, disse Azevedo.


 Na seara política, o Governador foi indagado sobre o MDB ter sinalizando sair do Grupo Político Estadual, João Azevedo negou, e disse que era intepretação da Imprensa.

- Eu tenho que acreditar naquilo que as lideranças, e as pessoas que são aliadas dizem. O próprio Senador (Veneziano) afirmou em entrevista que não tratou nada de política com o ex-senador Cássio. Eu tenho que dá credibilidade a isso, e acredito na palavra do Senador, emendou.




João Azevedo falou ainda que não vai armar palanque para Bolsonaro na Paraíba, e esperava ter em seu Grupo presenças de pessoas que se identifiquem com uma provável candidatura a presente que vai ser apoiada pelo Governo.

- Quando eu disse claramente que na nossa chapa não terá pessoa que não apoia a reeleição de Bolsonaro, é pura verdade, completou.

Sobre o momento de prefeitos no Sertão querendo debaterem a possibilidade de figurar na vice-governadoria na reeleição, cuja indicação poderia ser o prefeito de Sousa, Fábio Tyrone, o Governador disse que “achava isso extraordinário” e completou:

- Eu ficaria extremamente preocupa se não tivesse ninguém estar constando na nossa chapa. Mas ter a situação com perfil de um homem como Tyrone, isso pra mim é extremamente honroso, falou.




Perguntando ao Governador se ele torcia pelo realinhamento entre o ex-prefeito João Estrela, e Lindolfo Pires, o chefe do executivo estadual, arrematou: “Eu torço pelo Botafogo”, porém explicou:

- Fora isso eu não torço, eu trabalho para que isso seja uma realidade. Nós só vamos ter reais ganhos no próximo ano na reeleição com a união de todos.

Assista a entrevista completa


Repórter PB

Destaques