Sousa/PB -
Dezembro Vermelho

Saúde inicia campanha testagem e diálogo sobre prevenção ao HIV/Aids

O evento ocorreu no Parque Solon de Lucena, em João Pessoa e o intuito da agenda foi testar a população e dialogar sobre formas de prevenção contra o HIV/Aids

Da Redação Repórter PB

01/12/2021 às 19:36

Ads 970x250
Imagem

Tamanho da fonte

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizou, nesta quarta-feira (1º), ação em alusão ao Dia Mundial de Combate à Aids e início da campanha do Dezembro Vermelho. O evento ocorreu no Parque Solon de Lucena, em João Pessoa e o intuito da agenda foi testar a população e dialogar sobre formas de prevenção contra o HIV/Aids.


De acordo com a gerente operacional de condições crônicas e IST da SES, Ivoneide Lucena, foram realizados 666 testes. Desses, 14 deram reagente para sífilis e 2 para HIV. Ela explicou que, após esses resultados, técnicos da SES deram orientação e encaminhamento para que essas pessoas iniciem o tratamento nos serviços de saúde especializado. 

Ivoneide Lucena reforçou que a ação desta quarta-feira foi trazer o serviço para a praça pública, oportunizar os testes e mobilizar a população que não vai até o serviço de saúde. “Dia 1º de dezembro é dia de estar em praça pública, oportunizando a oferta de teste rápido para HIV, sífilis, hepatite B e C. E é isso que a gente quer. Se para cada caso positivado para HIV, 10 outros casos não são, estima-se que cerca de 6 mil pessoas precisam ser testadas para saber o diagnóstico, já que, em 2021, 660 pessoas foram diagnosticadas com o vírus”, pontuou. 

Durante a ação desta quarta, além da oferta de testes de HIV, sífilis, hepatite B e C, houve a realização de teste covid-19. Também foram ofertadas as vacinas de hepatite B e de tétano e distribuição de materiais educativos e preservativos. Na ocasião, houve uma apresentação teatral da Associação das Prostituas da Paraíba (Apros) sobre medidas de prevenção. 

A coordenadora da Apros, Luza Maria, destacou que a desinformação é a maior vulnerabilidade das pessoas. “Esse é o momento de trazer o diálogo pra rua. Estamos aqui hoje, junto à Secretaria da Saúde, mobilizando as pessoas”, afirmou. 

 Já o representante da ONG Cordel Vida, Beto Alves, lembrou que o país ainda enfrenta a pandemia de covid-19 e por isso as pessoas se sentem receosas em procurar os serviços de saúde. “Sabemos que há uma subnotificação por conta do isolamento social. Realizar uma ação presencial como a de hoje é importante para buscar essas pessoas que têm HIV e não sabem. Estamos nessa luta para que essas pessoas saibam o quanto antes e tratem o quanto antes”, reforçou. 

As estratégias de prevenção combinada são: a Profilaxia Pós-Exposição ao HIV (PEP), que é o uso de medicamentos diante de uma situação de risco; e a Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PREP), que consiste no uso diário de medicamento antirretroviral para evitar a infecção pelo vírus. O uso de preservativos masculino e feminino continuam sendo o principal meio de proteção. 

A Campanha do Dezembro Vermelho continua durante todo o mês. No próximo dia 17, haverá a oferta de teste rápido de HIV, sífilis e hepatites virais e distribuição de preservativos na rua da Areia, em João Pessoa, a partir das 14h.  

Fonte: Repórter PB

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.