Mamanguape

Covid-19: novos leitos do HGM recebem mais de 100 pacientes em 30 dias

Já entre os mais de 64 pacientes admitidos na Enfermaria, aproximadamente 51% já recebeu alta e segue se recuperando ao lado da família

Nesta quinta-feira (15), o Hospital Geral de Mamanguape completou o primeiro mês integrando o plano estadual de contingência para o combate do novo coronavírus. Desde o dia 17 de março deste ano, o complexo hospitalar já registrou cerca de 102 admissões, sendo 37% delas na UTI. Já entre os mais de 64 pacientes admitidos na Enfermaria, aproximadamente 51% já recebeu alta e segue se recuperando ao lado da família. 


Igor Ozik, 37 anos, é um desses pacientes que recebeu assistência da unidade, chegando a ficar entubado por sete dias. Já em casa, ele contou um pouco da experiência que vivenciou. “Foi emocionante acordar e ver toda a equipe vibrando e torcendo por mim. Voltei para casa no dia do aniversário da minha irmã, com uma sensação maravilhosa de alívio e de vitória”, contou ainda emocionado. 

Para toda a equipe que vem se empenhando a cada plantão dedicado aos casos da Covid-19, acompanhar histórias como a de Igor, é extremamente gratificante, conforme explica o diretor-geral, Daniel Gonçalves. “Mesmo em um momento tão complicado, nos enche os olhos e aquece o nosso coração sempre que um paciente recebe alta da UTI ou consegue ir para casa reencontrar a família. São depoimentos como o de Igor que nos dão forças para continuar oferecendo o nosso melhor”, completou o gestor. 

Em março, foram ativados no HGM 10 leitos de UTI, 20 de enfermaria e três de decisão clínica.  Além dos atendimentos da ala Covid-19, o Hospital Geral de Mamanguape segue com os leitos da maternidade em funcionamento, bem como realizando atendimentos de urgência adulto e pediátrica.

Repórter PB

Destaques