Diligências

Jovem de 23 anos é preso após agredir companheira com socos

As investigações começaram após a vítima, que possui 22 anos de idade, procurar a Polícia Civil, na manhã desta segunda-feira (12), para comunicar as agressões.

Um homem de 23 anos de idade foi preso nesta segunda-feira (12) pela Polícia Civil, após agredir a própria companheira e provocar até a perda de um dente da vítima. O caso ocorreu no bairro do Padre Zé, em João Pessoa, e foi investigado por equipes das Delegacias de Atendimento à Mulher (Deam) instaladas na zona Norte de João Pessoa e na cidade de Cabedelo. 


As investigações começaram após a vítima, que possui 22 anos de idade, procurar a Polícia Civil, na manhã desta segunda-feira (12), para comunicar as agressões. Ela contou que convive há dois anos com o homem e foi agredida por ele durante o período da madrugada, após ele chegar em casa sob efeito de bebida alcoólica. 

A jovem foi xingada, humilhada e ameaçada de morte. Ela ainda foi ferida com socos e pontapés e ficou com o rosto parcialmente desfigurado. Em virtude dos impactos das agressões, a vítima chegou a perder um dos dentes. 

Assim que o caso foi registrado, agentes de investigação da Polícia Civil iniciaram as diligências para prender o suspeito. Ele foi encontrado em uma comunidade conhecida como “Gadanha”, no Padre Zé, num imóvel de difícil acesso, após os agentes intensificaram as diligências. 

O homem preso já possui antecedentes criminais. Ele responde processo por prática de assaltos. A vítima recebeu atendimento médico e foi encaminhada para casa de parentes. O suspeito foi autuado por prática de lesão corporal, com base na Lei Maria da Penha e Código Penal Brasileiro.

Repórter PB

Destaques