Justiça

CRIME ELUCIDADO - Polícia prende suspeito de matar adolescente na Paraíba

O preso foi conduzido até a sede do Núcleo de Homicídios na cidade de Alhandra.

A Polícia Civil prendeu, nessa segunda-feira (14), um homem acusado de matar um adolescente no município de Pitimbu, no Litoral Sul da Paraíba. O crime ocorreu no dia 31 de julho deste ano, na região conhecida como Distrito de Taquara.

A Polícia Civil pediu à Justiça a decretação da prisão preventiva do acusado, após encontrar indícios da participação dele no homicídio. A prisão foi feita pelas equipes da Delegacia de Caaporã e do Núcleo de Homicídios da Delegacia Seccional da região.

“O investigado é suspeito de integrar uma facção criminosa e ainda responde a um outro processo criminal por porte ilegal de arma iniciado em fevereiro do corrente ano”, afirmou o delegado Marcos Paulo Sales, que atua no caso.

Ainda de acordo com o delegado, a vítima foi morta a tiros e o homicídio teve motivação fútil. Segundo as investigações, o adolescente morreu porque fez um gesto que simbolizava uma facção criminosa rival.

“A motivação foi uma brincadeira envolvendo um dos investigados e com relação ao domínio do tráfico de drogas do distrito de Taquara. A vítima fez um gesto simbolizando a facção rival a um dos suspeitos”, explicou Sales.

Esse gesto ocorreu uma semana antes do crime. Segundo a polícia, além do homem preso, outros dois também participaram do homicídio. “Os três autores já foram identificados. Um deles é adolescente e foi apreendido no início deste mês. Hoje prendemos o segundo e o terceiro fugiu para São Paulo, mas segue procurado”, afirmou o delegado.

O preso foi conduzido até a sede do Núcleo de Homicídios na cidade de Alhandra, onde foi interrogado e encaminhado para a Central de Polícia de João Pessoa.

Repórter PB

Destaques