Investigações

Polícia Civil deflagra Operação Pena de Morte nesta terça-feira na Paraíba

Há cerca de um ano sua companheira foi apreendida com cerca de um 1Kg de crack.

Na manhã de hoje, dia 14/07/2020, terça-feira, o Núcleo de Homicídios da Polícia Civil em Queimadas, em conjunto com a polícia militar, desencadeou a operação Pena de Morte, com a finalidade de realizar Buscas na residência de indivíduos suspeitos da prática de um homicídio ocorrido naquela cidade.

No primeiro momento os policiais não encontraram qualquer objeto ilícito que pudesse associar à prática do crime investigado.

No entanto, um dos indivíduos que se encontrava no local chamou a atenção dos policiais pelo fato de ter se apresentado com o nome de Alex e ter apresentado certidão de nascimento com outro nome.

Diante da contradição os policiais civis conduziram este indivíduo para esclarecimento de sua identificação.

Na delegacia de Queimadas os policiais civis perspicazmente conseguiram a verdadeira identificação do indivíduo, tratando-se de um fugitivo da Cadeia de Canhotinho-PE, onde cumpria pena por Tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

O indivíduo, com a idade de 22 anos, já se encontrava escondido aqui na Paraíba há um ano e um mês, passando-se por Pedreiro

Há cerca de um ano sua companheira foi apreendida com cerca de um 1Kg de crack.

Após as medidas de praxe o preso será recambiado para o sistema prisional de Pernambuco.

Repórter PB

Destaques