Homicida

Suspeito de matar capoeirista na Paraíba é preso no estado de São Paulo

O caso repercutiu muito na cidade de Campina Grande, já que a capoeirista era bastante conhecida e foi assassinada enquanto trabalhava no Parque da Liberdade.

Um homem suspeito de matar capoeirista Cristiana Soares de Farias, em Campina Grande, no dia 1º de fevereiro deste ano, foi preso, nessa sexta-feira (3), pela Polícia de São Paulo. A Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Campina Grande (DHPP) investigou o caso, identificou a localização dele, e entrou em contato com as autoridades policiais de São Paulo.

Segundo o delegado Cristiano Brito, da DHPP de Campina Grande, foi enviado o Mandado de Prisão para a Delegacia de São Paulo onde o suspeito já havia sido preso por outro motivo. “As informações foram confrontadas e verificou-se que o preso se tratava do suspeito do crime ocorrido em Campina Grande”, esclareceu.

O caso repercutiu muito na cidade de Campina Grande, já que a capoeirista era bastante conhecida e foi assassinada enquanto trabalhava no Parque da Liberdade.

“O indiciado está preso no Centro de Detenção Provisória - CDP- de Caiuá [SP], onde aguarda as medidas judiciais e a possível transferência. A decisão sobre a transferência dele para cumprir a pena em Campina Grande fica a cargo da Justiça”, concluiu o delegado Cristiano Brito.

Repórter PB

Destaques