Sessão

ALPB concede Medalha de Honra ao Mérito à ativista Morgana Macena

Para Cabo Gilberto, a pastora realiza um importante serviço social na Paraíba, além de ter representado bem o estado no Governo Federal.

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) concedeu, nesta quinta-feira (12), a Medalha de Honra ao Mérito Senador Humberto Lucena à pastora e ativista humanitária Morgana Macena de Santana. A sessão solene, proposta pelo deputado Cabo Gilberto Silva (PSL), teve como objetivo de reconhecer os relevantes trabalhos sociais realizados pela homenageada no Estado, que exerceu, de janeiro a junho deste ano, o cargo de Diretora Nacional de Políticas para a Mulher do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Para Cabo Gilberto, a pastora realiza um importante serviço social na Paraíba, além de ter representado bem o estado no Governo Federal. “Foi ela quem me levou ao movimento de direita no nosso estado, ainda em 2014. Ela combate tudo o que for de ruim para a nossa sociedade. É uma mulher conservadora, mas que respeita todas as opiniões. Então, resolvi homenageá-la, o que simboliza muito para o estado da Paraíba e, em especial, para a Assembleia Legislativa, que representa o povo paraibano”, afirmou.

A homenageada, que é candidata ao Prêmio Nobel da Paz deste ano, agradeceu a honraria concedida pela Casa de Epitácio Pessoa. “Um dia me perguntaram se eu estou feliz porque sou a primeira paraibana indicada ao Nobel da Paz. Estou feliz, sim. Mas, isso é um prêmio da Noruega, e essa medalha, não. É do meu povo, é do povo da Paraíba, representando também a minha cidade Cabedelo, tão sofrida com o estigma que colocaram”, declarou Morgana.

Também participaram da solenidade o representante do Movimento Brasil Conservador, Cabo Gusmão; o representante do Movimento Direita Mover, Alison Moraes; a ouvidora da ALPB, Liliane Targino; o representante do Movimento Direita Paraíba, Cabo Ruy; o representante do Movimento Ordem dos Conservadores, Estevam Bisneto; além de familiares e amigos da homenageada.

Perfil

Natural de João Pessoa (PB), Morgana Macena de Santana nasceu em 22 de fevereiro de 1961 e é odontóloga formada pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Embaixadora cultural da Associação Duna, Morgana foi indicada pela organização para o Prêmio Nobel da Paz 2019, junto ao Nobel Institute de Oslo, na Noruega, devido ao seu trabalho em prol dos direitos, da segurança, da proteção, da educação, da paz e do bem-estar infantil.

Ela possui iniciativas no âmbito dos Direitos Humanos, Dignidade da Pessoa Humana e da Família, com a finalidade de atuar na melhoria e desenvolvimento humano integral de crianças, para solucionar questões que as impeçam de uma vida plena e saudável.

Repórter PB

Destaques