Trabalhadores

Servidores de Campina Grande farão paralisação nesta terça-feira

Os efetivos cobram o cumprimento dos Planos de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR’s) da saúde, para agentes de combate às endemias (ACE).

Os servidores públicos municipais de Campina Grande farão um dia de Greve Geral nesta terça-feira, 18. Haverá também ato público, na frente da Secretaria de Administração Municipal, localizada na Avenida Floriano Peixoto, a partir das 9h. Os trabalhadores decidiram pela paralisação durante assembleia realizada na manhã o último dia 10, pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).

Os efetivos cobram o cumprimento dos Planos de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR’s) da saúde, para agentes de combate às endemias (ACE), agentes comunitários de saúde (ACS) e profissionais de apoio; o pagamento dos salários em dia; correção na data-base; complementação ao ínfimo reajuste concedido, que foi de apenas 2% e melhorias nas condições de trabalho, que estão precárias, com muitos setores beirando o colapso.

Conforme ressaltou o diretor de Comunicação do Sintab, Napoleão Maracajá, todas as categorias sofrem ataques violentos constantemente em Campina Grande. “Os ataques são inúmeros, os Planos de Cargos não estão funcionando efetivamente; há o sucateamento dos postos de trabalho, onde faltam condições mínimas para garantir o desenvolvimento das atividades dos servidores e consequentemente, o atendimento digno à população; os trabalhadores, em sua grande maioria, continuam sem receber o salário em dia, uma situação que se repete todos os meses e por conta disso, estão passando dificuldades extremas. Situações humilhantes, enquanto milhões são gastos com pautas não prioritárias. A mesa da Prefeitura é farta, mas a dos trabalhadores não”, resumiu.

Repórter PB

Destaques