Denúncia

Suplente de Vereador pede que Ministério Público investigue Empresa ligada ao cunhado do Prefeito em Marizópolis

Conforme fontes, Pedro Neto acostou na inicial entregue na Promotoria que essa Empresa criada no dia 27 de abril de 2021 pertence ao cunhado do Gestor Municipal

O Suplente de Vereador do Progressista do Município de Marizópolis, Pedro Neto, apresentou junto ao Ministério Público em Sousa, denúncia se suposta irregularidade praticada pelo Prefeito, Lucas Braga, a uma Empresa de nome DANTAS & BRITO SERVICOS MEDICOS S/S que fica localizada na Capital do Rio Grande do Norte, Natal.

Conforme fontes, Pedro Neto acostou na inicial entregue na Promotoria que essa Empresa criada no dia 27 de abril de 2021 pertence ao cunhado do Gestor Municipal, e no mês março teria faturado conforme documento do SAGRES de nº 001930 e 0001929, R$ 6,6 mil em consulta Ginecológica, antes mesmo a Empresa ter sido homologada.

O suplente de Vereador, fiscal do povo de Marizópolis relatou que o fato abordado, e entregue ao Ministério Público para investigação é no mínimo curioso, e passível de averiguação, o que em tese poderá constituir crime grave contra o erário público.

Pedro Neto ainda conta que essa mesma empresa recebeu por serviços prestados ao Município na saúde no mês de maio o valor de R$ R$ 5.850,00.

O fato que chamou atenção do suplente foi que a Empresa em nome do cunhado do Prefeito foi criada no final de abril, mas em março já teria recebido os valores acostados de documentos do SAGRES no comunicado ao Ministério Público com pedido de investigação, cujos empenhos apresentados por Pedro Neto são: de nº 0002179 de 01 de junho de 2021, 0001930, 20 de maio de 2021 e de nº 0001929 datado de 20 de maio de 2021.

Serem, ou não ilegais, o suplente de Vereador achou no mínimo curioso, e solicitou ao Ministério Público que possa investigar o assunto, e esclarecer os fatos narrados na inicial ao povo de Marizópolis.

O Prefeito, Lucas Braga ainda não se pronunciou sobre o tema que já ganha repercussão na Imprensa do Sertão. 


O suplente de Vereador Pedro Neto (PP) concorreu a eleição municipal de 2020, e ficou na 11ª vaga no geral com 177 votos, 2,51% dos sufrágios. 


Repórter PB

Destaques