Campina Grande

Sindicato repudia insultos de juiz contra Oficiais de Justiça, ameaçados de prisão

Segundo o presidente do Sindojus-PB, Benedito Fonsêca, o comportamento demonstra que em pleno século 21, a ‘juizite’ ainda acomete alguns membros da magistratura.

O Sindicato dos Oficiais de Justiça da Paraíba repudiou com veemência a conduta praticada pelo juiz Ruy Jander ontem (quinta-feira) na Central de Mandados da Comarca de Campina Grande, quando ao ser tratado com respeito pelos Oficiais de Justiça presentes, retribuiu com disparatados impropérios, tachando-os de “vagabundos que ganham entre 15 a 20 mil reais e não gostam de trabalhar”, chegando ao cúmulo de ameaçar-lhes de prisão, no que foi contido pelo colega Ely Trindade.

Segundo o presidente do Sindojus-PB, Benedito Fonsêca, o comportamento demonstra que em pleno século 21, a ‘juizite’ ainda acomete alguns membros da magistratura, que continuam a achar e até ter a certeza que são deuses, onde na pirâmide social os servidores são párias que impune e constantemente podem ser insultados, além de aviltados em direitos básicos como o cumprimento de uma Lei da data-base.

“Ledo engano. Ao tempo em que expressamos solidariedade aos colegas Oficiais de Justiça de Campina Grande, adotaremos com a coragem e destemor que nos são peculiares, as medidas administrativas e jurídicas cabíveis, para que fatos lamentáveis como esse não venham a se repetir”, concluiu.

Repórter PB

Destaques