Pesquisa

Paraíba mantém menor taxa de desocupação do Nordeste no 3º trimestre do ano, revela IBGE

Na comparação com a média do País (11,8%), o índice de desocupados da Paraíba também permanece menor.

A Paraíba manteve a menor taxa de desocupação entre as nove unidades do Nordeste no 3º trimestre deste ano, mesmo em cenário de lenta recuperaçãoeconômica. A pesquisa divulgada nesta terça-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), mostra que a taxa de desocupados encerrou o 3º trimestre, referente aos meses de julho, agosto e setembro, com índice de 11,2%. A taxa paraibana de desocupados caiu 0,7 ponto percentual, quando comparado ao 2º trimestre deste ano (11,9%). Na comparação com a média do País (11,8%), o índice de desocupados da Paraíba também permanece menor.

No ranking do Nordeste no 3º trimestre de 2019, a taxa da Paraíba (11,2%) se manteve isolada dos demais Estados da região, inclusive do Ceará (11,3%) com quem dividia até este ano os menores índices da Região. Os demais Estados continuaram com índices bem acima da Paraíba: Piauí (12,7%); Rio Grande do Norte (13,4%) e o Maranhão (14,1%), enquanto outros quatro estados: Sergipe (14,7%); Alagoas (15,4%); Pernambuco (15,8%); e a Bahia,que tem a taxa mais alta de desocupados do Nordeste (16,8%),também estão com taxas bem superiores à da própriamédia da Região Nordeste (14,4%), que permanece sendo a maior entre as cinco regiões do País no índice de desocupados (veja o quadro com o ranking completo).

Com 11,2%, a Paraíba tem a 12º menor taxa de desocupados do País, registrando taxa menores que a de três regiões: Norte (11,7%); Sudeste (11,9%) e, também, do Nordeste (14,4%). Os Estados da Bahia (16,8%) e Amapá (16,7%) têm as maiores taxas do País, enquanto Santa Catarina (5,8%) e Mato Grosso Sul (7,5%). A taxa de desocupação do país no 3º trimestre de 2019 foi de 11,8%, com redução de 0,2 ponto percentual (p.p.) frente ao 2° trimestre de 2019 (12,0%).

Conceito de pessoas desocupadas – O IBGE classifica como pessoas desocupadas aquelas que não estavam trabalhando, mas estavam disponíveis para trabalhar e também tomaram alguma providência efetiva para conseguir trabalho nos trinta dias anteriores à semana em que responderam à pesquisa (consultando pessoas, jornais, etc.).

Repórter PB

Destaques