Covid-19

Governo Federal já transferiu 114 pacientes do Amazonas para outros estados

Transferências fazem parte do Plano de Cooperação Interestadual, coordenado pelo Ministério da Saúde em parceria com o governo estadual, para apoiar o enfrentamento da pandemia na região

Um total de 114 pacientes internados em unidades da rede estadual de saúde do Amazonas já foram transferidos para tratamento em hospitais do Acre, Distrito Federal, Maranhão, Pernambuco, Piauí, João Pessoa, Rio Grande do Norte, Pará e Goiás. A estratégia é parte do trabalho do Comitê de Enfrentamento da Covid-19, coordenado pelo Ministério da Saúde, em parceria com o governo do estado.

Destes, nove foram para Teresina (PI), 23 para São Luís (MA), 15 para Brasília (DF), 15 para João Pessoa (PB), 12 para Natal (RN) e outros três pacientes que foram para Rio Branco (AC), transferidos de Tabatinga.

Na segunda-feira (18/01), dois pacientes foram transferidos de Parintins para Belém. Durante a tarde, 14 pacientes foram transferidos para o estado de Goiás e em uma nova transferência realizada no início da noite, outros 18 pacientes foram levados ao Estado, totalizando 32 pacientes para Goiás.

Na madrugada desta terça-feira (19/01), houve a transferência de mais quatro pacientes de Parintins para Belém.

Durante a viagem uma equipe médica acompanha o paciente até a internação dele no hospital de destino. Novas transferências estão previstas para acontecer na noite de hoje.

A transferência dos pacientes é feita por meio de classificação de risco do protocolo de Manchester, que estabelece as prioridades de atendimento de acordo com a gravidade dos casos. O paciente que for transferido deve apresentar sinais vitais (frequência cardíaca, respiratória e pressão arterial) estáveis, além de assinar um termo de consentimento para a transferência.

Durante o translado, uma equipe formada por sete profissionais de saúde se encarrega de garantir total assistência aos pacientes. A aeronave, com capacidade original para 40 lugares, foi adaptada para receber equipamentos e insumos hospitalares, dando total segurança e estabilidade durante a viagem.

Repórter PB

Destaques