Sousa/PB -
eleições 2024

O silêncio de Zé Célio, incomoda, incomoda, muita gente!

Existe uma máxima que diz: “o silêncio fala muitas vezes mais do que mil palavras”

Por Pereira Jr. • Articulista Polí­tico

06/02/2024 às 09:50

Imagem Dr. Zé Célio, ao lado do Prefeito de Sousa, Fábio Tyrone

Dr. Zé Célio, ao lado do Prefeito de Sousa, Fábio Tyrone ‧ Foto: divulgação

Tamanho da fonte

Com o advento das mídias digitais, são comuns as autoridades, e políticos usarem seus perfis para se comunicarem, e reportarem-se a respeito dos assuntos que de alguma maneira, tenham interesses. 

Os observadores políticos de Sousa estão questionando, neste tempo de efervescência política, o silêncio do Médico, Dr. Zé Célio, pré-candidato a vice-prefeito na chapa situacionista, desde o momento em que o chefe de Gabinete, Dr. Helder Carvalho, foi oficializado pelo Prefeito Tyrone como sendo o pré-candidato a prefeito do Grupo.

Ao contar com essa data (06/02/2024), doze dias se passaram depois do anúncio oficial, e não se tem, ou se ouviu qualquer declaração de apoio ao, podemos dizer: companheiro de chapa, Dr. Helder Carvalho. Por quê?

Dr. Zé Célio que dias pretéritos esteve em reunião com o Prefeito Fábio Tyrone em um almoço na sua residência particular em João Pessoa, aonde teria acertado todos os detalhes de sua chegada ao Grupo situacionista.

Na semana seguinte, Dr. Zé Célio prestou entrevista  na Imprensa local, e confirmou que foi convidado pelo Prefeito Fábio Tyrone para ser vice na chapa, e veio para somar.

A declaração de Dr. Zé Célio logo ganhou ampla repercussão entre os aliados do Prefeito Tyrone. Na semana após, o líder do Governo na Câmara, Aldeone Abrantes, fez um histórico pronunciamento na Tribuna da Casa de Otacílio Gomes de Sá, e lançou-se também pré-candidato a vice na chapa oficial do governo, justificando, no então, as prerrogativas. 

Nesta fala na Câmara de Vereadores, Aldeone obteve apoios dos membros da bancada governista, excerto da Vereadora Bruna Veras, que ficou calada durante a fala do líder da bancada, preferindo a neutralidade do assunto. 

Depois deste episódio na Câmara protagonizado pelo líder do Governo, Aldeone Abrantes, o médico, Zé Célio, adotou também a lei do silêncio, e, assim vem sem se pronunciar a respeito dos acontecimentos políticos locais.

Dr. Zé Célio, seguindo o exemplo do vice-prefeito, Zenildo Oliveira, não compareceu ao evento importantíssimo do dia 26 de janeiro, feito pelo Prefeito Fábio Tyrone para apresentar oficialmente o pré-candidato, Dr. Helder Carvalho. Por quê?

Para os atentos observadores do cenário político sousense que se forma neste momento, no mínimo soa estranho o comportamento do agente político, Zé Célio, que fora convidado para ser vice, e não se apresentou nenhuma atitude republicana de companheirismo, até então.

Será que o médico Dr. Zé Célio não tenha mais interesse de permanecer no Grupo de Fábio Tyrone? Ou, será que desistiu da vida pública? Vai mudar de lado? Já Existe algum descontentamento por parte de Dr. Zé Célio, recém-chegado ao Grupo Tyronista?

Existe uma máxima que diz: “o silêncio fala muitas vezes mais do que mil palavras”.

Entretanto, a estratégia do silêncio, pelo menos é o que se percebe por parte de Dr. Zé Célio, inerentes aos fatos políticos atuais em Sousa, surgem muitos questionamentos. Um dele é:

Afinal: Zé Célio continua ou não com o Prefeito Tyrone?

Tenho Dito

Pereira Jr.  

 

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal:Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.