De uma canetada, 60 servidores são demitidos na Prefeitura de Santa Helena, e gera crise no legislativo

Desde de Janeiro de 2020, que o Prefeito de Santa Helena vinha atendendo solicitações de vereadores, e aliados próximos para acomodar os seus “pupilos”

Vem sendo repercutida pela Imprensa do Sertão a demissão de 60 servidores da Prefeitura Municipal de Santa Helena, ocorrida no final de semana pelo Prefeito, João Cléber.


A crise financeira atingiu em cheio a Gestão Municipal, levando a necessidade urgente da demissão dos apadrinhados políticos contratados por excepcional interesse público.


Desde de Janeiro de 2020, que o Prefeito de Santa Helena vinha atendendo solicitações de vereadores, e aliados próximos para acomodar os seus “pupilos” em cargos da Gestão, porém o volume estava prejudicando as finanças do Poder Público levando a decisão para o extremo.


A notícia teria desagrado principalmente os Vereadores da base aliada do Prefeito João Cléber, o que poderá acarretar desconforto político para o administrador no Poder Legislativo Mirim.


João Cleber, do Cidadania, foi eleito em 2020 prefeito de Santa Helena (PB) para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, João Cleber teve 49,52% dos votos. Foram 2.367 votos no total.

O candidato derrotou Corrinha, que ficou em segundo lugar com 38,08% (1.820 votos).

Por Pereira Jr.


Editor chefe do Portal REPORTERPB, Radialista, Apresentador, analista, e articulista politico

Destaques