Construção de um Aeroporto Regional em Solo Sousense é perfeitamente viável, explica Tyrone; Ouça

- O Aeroporto Regional terá um custo de R$ 13,5 milhões. É uma obra cara? É. É impossível? Não. A perimetral vai custar igual valor, ou até mais do quer esse sonho



O Prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (Cidadania) voltou a falar da possibilidade de ser construído em solo sousense um Aeroporto Regional, algo muito palpável, e possível, além de viável para atender uma parcela de pessoas que dependem da viação civil no Sertão da Paraíba.


Tyrone até lembrou durante entrevista coletiva nesta quinta-feira (07) que esse tipo se serviço é hoje realizado de forma eficaz com totais condições econômicas nos Estados Unidos da América, aonde o serviço de viação civil trabalha com Aeroportos Regionais.


- O Aeroporto Regional terá um custo de R$ 13,5 milhões. É uma obra cara? É. É impossível? Não. A perimetral vai custar igual valor, ou até mais do quer esse sonho. Repetindo para enfatizar: não estar em nosso plano de governo esse Aeroporto Regional. Ele não é promessa, é bandeira de luta, frisou o Gestor.  


O Prefeito Municipal Sousense deixou claro que esse “sonho” é extremamente possível ser concretizado, efetuado quando já existem exemplos aqui no Nordeste, Cidades próximas que já operam com esse tipo de viação civil.


- Perto de nós já existem duas aviações funcionando, aqui no Ceará, e no Pernambuco. Eu dizia citando o Ceará que já existem voos em Tianguá, Sobral, Iguatu e Juazeiro do Norte. Então nós temos condições de ter Aviões de menor porte, levando 11 passageiros e 3 mil quilos de carga com profunda viabilidade, completou.


Esse sentimento do Prefeito Tyrone apenas aflora o desejo de muitos empresários sertanejos que planejam investir neste setor, mas que falta infraestrutura adequada para os paços finais do Projeto.


Tyrone enfatiza que não é promessa de seu governo, mas sim, uma bandeira de luta que engrossará junto ao setor competente para que o Aeroporto Regional com todas as condições de pouso, e carga e descarga seja perfeitamente construído, preferencialmente na Cidade de Sousa aonde já tem um aeródromo com especificações, e que pode muito bem se adequar as condições internacionais, e exigidas pela ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil.


Escute aqui explicações do Prefeito durante coletiva com a Imprensa


Por Pereira Jr.

 

Destaques