Operação Calvário atinge Tribunal de Contas, e presidente defende punição aos culpados

Em Nota, o Presidente do TCE, Arnóbio Alves Viana, defende “punição a todos que quantos tenham praticado delitos em desfavor da sociedade"

Com a publicação das delações da ex-secretária do governo do Estado, Livânia Farias, os holofotes apontam para envolvimento de alguns conselheiros do Tribunal de Contas do Estado.

Em Nota, o Presidente do TCE, Arnóbio Alves Viana, defende “punição a todos que quantos tenham praticado delitos em desfavor da sociedade paraibana, doa a quem doer”.

A Operação Calvário desencadeada pelo GAECO da Paraíba vem investigado desvios de recursos milionários da Educação, e Saúde na Gestão do ex-governador, Ricardo Coutinho.

A Delação feita pela Sousense, Livânia Farias ocorreu em abril do ano passado, mas somente agora, que parte do conteúdo vem sendo publicada

NOTA PÚBLICA

O Presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, Conselheiro Arnóbio Alves Viana, em razão da mais recente divulgação de fatos decorrentes da denominada “Operação CALVÁRIO”, vem reiterar total e irrestrito apoio às investigações em curso, pugnando pela celeridade e efetiva punição a todos quantos tenham praticado delitos em desfavor da sociedade paraibana, doa a quem doer.

Ao mesmo tempo, renova a confiança na isenção, lisura e excelência dos trabalhos executados pelo diligente corpo de Auditores do TCE-PB.

João Pessoa, 06 de janeiro de 2020.

Conselheiro Arnóbio Alves Viana
Presidente

Pereira Jr.

Articulista, analista político, e Estudante de Marketing em Gestão Empresarial, e Política

Destaques