Em defesa, Tyrone revela que o seu Grupo expulsou a Vereadora Bruna “pela má política, e expõe motivos; Ouça

- A vejo como um exemplo de má política. Acho que o debate requer mais qualificação.

O Prefeito Fábio Tyrone (PSB), saiu em defesa da própria honra quando o assunto são “os ataques” da oposição contra sua vida pessoal.


Ultimamente, os Vereadores: Bruna Veras (Pros), e Cacá Gadelha (PSDB), têm usando as redes sociais para “ofenderem de forma pessoal” a figura do Gestor Municipal pelo fato do projeto que tratava de impedir que pessoas que estivessem algum tipo de condenação judicial baseado na “Lei Maria da Penha” no âmbito municipal não poderiam assumir qualquer cargo público. O Projeto foi derrotado por maioria ampla na Câmara de Vereadores.


Pela ocasião da entrevista coletiva nesta sexta-feira (14), Tyrone não pediu palavras para declarar que ver atuação da Vereadora oposicionista, Bruna Veras (PROS), como uma “uma má política”.


- A vejo como um exemplo de má política. Acho que o debate requer mais qualificação. Os debates devem ser sobre os tines que pertencem a Sousa. Vamos falar do que pode fazer, do que está se fazendo. Acho que o debate que o povo quer é esse, resumiu.


Tyrone lembrou também que o debate pela vida pessoal, ou mera ofensa não leva a lugar nenhum, ao tempo que revelou que a Vereadora, Bruna Veras saiu do seu Bloco político por quer “fomos nós que não a quisemos mais”.


- Nosso Bloco tem onze grandes vereadores. A Vereadora (Bruna) era inconveniente no Bloco por isso saiu, contou.


O Chefe do Executivo Sousense, comentou que a Parlamentar Mirim Bruna Veras “nunca teve um comportamento democrático, não pensava coletivo, e nem a preocupação a não ser com alguns empregos, e de estar no hall dos fornecedores do Estado, e do Município”.


- De maneira legal, licita. Nunca houve nenhuma irregularidade. Até aonde eu sei, é um Empresário que é Marido Dela é homem de bem, dono de uma Empresa idônea, mas havia uma preocupação muito grande deles de estarem presentes neste hall de fornecedores tanto do Estado como do Município. Quando isso faltou, faltou também a vontade de dizer a verdade que o Governo tem acertado. É muito bom deixar claro isso sem nenhuma mácula a vida pessoal nem a honra da Vereadora nem a sua carreira como Vereadora que fomos nós que não a quisemos mais em nosso Bloco Político, defendeu.


Para o Gestor Municipal, ele considera que existem hoje três blocos no Poder Legislativo: Situação, composta por onze Vereadores, da Oposição composto por dois Vereadores, “e tem os ofensores que são dois também. O povo é inteligente”.


Durante a entrevista, ao Portal REPORTERPB, Tyrone comentou a respeito de sua amizade com o ex-prefeito João Estrela. “É um grande amigo, além de ser um grande professor, num grande sousense, prefeito por três vezes, deputado eleito por Sousa, um homem humano, vocacionado para a política que sempre me apoiou, que sempre esteve comigo nas horas boas, e ruins, nas horas fáceis, e difíceis com sua palavra de apoio, e sua experiência. Então, eu disse: eu não posso pagar em vida tudo que ele já fez por mim, por Sousa, de maneira sempre muito humana, muito espontânea, sem nenhuma barganha. Eu acho com o crivo de nosso Grupo nós devemos repetir a chama vitoriosa e que bem governa o município hoje. Você me pergunta: como deveremos ir às urnas o ano que vem é com a chapa: Tyrone e Zenildo”.


Pereira Jr.

Ouça aqui

Destaques