Política

Lindolfo se desarma e manda recado pra João Estrela: “Se depender de mim, vamos vencer esse obstáculo”

Lindolfo também lembrou que “divergência acontece em nossa própria casa, com o filho, um irmão, entre marido e mulher, imagine dentro de um partido"

Os bastidores da política em Sousa permanecem com a temperatura alta.

O clima esquentou após o lançamento da pré-candidatura à Deputado Estadual do Vereador, Presidente do Legislativo, Radamés Estrela, aliado do ex-prefeito João Estrela.

Esse lançamento assanhou o cenário político local, abrindo realmente a possibilidade de ruptura política entre Lindolfo Pires, João Estrela, e o Prefeito Fábio Tyrone. 

Cometido, o Prefeito Tyrone teria entrado em campo com toda força exigida para evitar o racha do Grupo neste período pré-campanha estadual, evitando assim o dispêndio imaginável para o futuro. 

A dissidência começara a se desfazer em público com a fala do Presidente da Câmara, Radamés Estrela, dizendo que nunca disse a ninguém que era candidato a deputado estadual, e que agradecia ao colega, Koloral Júnior (PDT) pela lembrança com repercussão estadual. 

Para tanto, já houve por parte do Deputado Lindolfo Pires, sinais de reaproximação com o ex-prefeito João Estrela. Nesta quinta-feira (23), Lindolfo e João Estrela andaram conversando demoradamente por telefone sobre o tema, cujo objetivo principal fora aparar as arrestas entre as lideranças.

Na manhã desta sexta-feira (23), o Deputado Lindolfo Pires, disse que “azar nosso se todos pensassem igual. A nossa sorte que tem gente que corrige a gente. Somos humanos, e as vezes a gente erra, e tem amigos para dizer: olha em terminando momento o pensamento não estar correto. Por isso que nós somos um partido, se não nós éramos uma unidade. Somos um Partido que todos podem pesar diferentes, mas no fim aquele que tiver a ideia melhor será vencedora. Os que forem vencidos terão a oportunidade de acompanhar aquela ideia que foi majoritária”, comentou.

Lindolfo também lembrou que “divergência acontece em nossa própria casa, com o filho, um irmão, entre marido e mulher, imagine dentro de um partido. Divergências são feitas para se superar. As nossas divergências, graças a Deus não existem nada de pessoal, nada que através de um diálogo construtivo você vencer”.

O Parlamentar Sousense trouxe ainda à baila a memória que em particular acompanha João Estrela desde quando ainda era chefe de gabinete de Sinval Gonçalves, foi candidato a Prefeito, tendo como vice, Teté de Sebastio, depois tiveram em palanques opostos, foram eleitos deputados estaduais em 1994, sempre se respeitando, depois, João foi candidato a prefeito por duas vezes, e agora desde 2006 que permanecem juntos, quando Lindolfo votou em João Estrela, e Lúcio Matos foi o vice, que depois assumiu a cabeça de chapa, sem êxito eleitoral.  

- Desde 2006 que a gente (João) vem marchando junto. Tem uma trajetória, tem uma construção, tem uma história que não é baseada apenas em um copo de água, mas numa história verdade, lembrou.

O distanciamento político entre João Estrela aconteceu a cerca de um ano, quando houve a mudança da Direção do Hospital Regional em Sousa, cujo ato, João Estrela reivindicou que não foi comunicado da decisão, e teria culpado o Deputado Lindolfo Pires pela ocorrência.

Segundo os observadores políticos locais, as lideranças maiores dentro do próprio Grupo situacionista estão costurando essa reaproximação que deverá acontecer nos próximos dias de forma oficial entre João Estrela, e o deputado sousense, Lindolfo Pires.


Finalizando a fala, Lindolfo se desarmou, e sentenciou: “O que depender de mim, também da maioria do grupo, nós vamos tentar vencer tudo e qualquer obstáculo a esse respeito”.


Por Pereira Jr. 


Repórter PB

Destaques