racha

Lindolfo diz que Tyrone precisa ouvir o Governador para tomar decisão de sair do PSB; Ouça

A reação do Deputado Estadual, Lindolfo Pires (Podemos) foi de “lamentar que isso estivesse acontecendo dentro do PSB"

As notícias dando conta que o ex-vice-prefeito de Sousa, Dr. Zé Célio comandaria o PSB no Município, após rompimento político do Prefeito Tyrone com o ex-governador, Ricardo Coutinho, ecoaram negativamente.

A reação do Deputado Estadual, Lindolfo Pires (Podemos) foi de “lamentar que isso estivesse acontecendo dentro do PSB. Eu não pertenço ao Partido, mas sou aliado aqui na ALPB do Podemos. Tenho certeza que o PSB tem feito um grande partido a nível estadual, a cima de tudo sabemos daquilo que já contribuiu para o desenvolvimento do nosso Estado. Só lamentamos que isso tenha terminado exatamente, pelo menos se prenuncia. Vamos ter que aguardar o desdobrar de todos os acontecimentos para a gente dizer que orientação haveremos de tomar daqui pra frente”.

Lindolfo comentou ainda uma tomada de decisão precipitada por parte do Prefeito em deixar o Partido no Município, o que seria “precoce, até por quer precisamos ouvir qual é a orientação do Governador, João Azevedo, isso realmente vai acontecer, se a Executiva Nacional vai “dá ré” naquele proposito, ou não, enfim, precisamos ouvir o Governador, João a orientação qual a decisão a ser tomada”.

O Deputado Lindolfo deixou claro que essa condição do Prefeito Tyrone, deixar ou não o PSB no Município é preciso esgotar as possibilidades possíveis para se abrir um campo de visão para uma posição definida politicamente no Estado, até por quer ainda o problema se encontra no âmbito da discussão pontual, e não nas definições.

Ouça a Entrevista completa aqui

Repórter PB

Destaques