Balanço

Complexo Regional de Patos registra queda nos atendimentos de vítimas de acidentes em maio

A diretoria da unidade de saúde analisa que essa diminuição dos casos é reflexo das medidas de isolamento social que reduziram a circulação de pessoas e veículos nas ruas e estradas.

O balanço de atividades do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), relativo ao período do dia 1º a 31 de maio, no que diz respeito aos serviços de Urgência e Emergência de vítimas de acidentes de trânsito, registrou queda nos atendimentos em relação ao mês de abril. Mesmo com um dia a mais, o mês de maio teve 35 acidentes a menos que abril, registrando 174 ocorrências, enquanto o mês anterior teve 209. A diretoria da unidade de saúde analisa que essa diminuição dos casos é reflexo das medidas de isolamento social que reduziram a circulação de pessoas e veículos nas ruas e estradas.

Referência para 86 municípios do sertão do estado, o Complexo continua, mesmo com a redução dos casos, recebendo um grande número de acidentados por motocicletas, liderando nesta modalidade de acidente os atendimentos na urgência e emergência da unidade. Dos 174 registros de acidentes em maio, 149 foram de vítimas que se envolveram em acidentes com motos. Os acidentes com automóvel e bicicleta registraram 11 ocorrências cada um e ainda houve dois atendimentos por atropelamento e um com veículo de tração animal.

Os dados referentes a atendimentos com vítimas de violência em maio totalizaram 36 casos, sendo 19 de agressões físicas diversas, 14 por ferimentos causados por arma branca e mais três ocorrências com vítimas de arma de fogo. Neste caso, comparando os dados de abril com maio, também houve redução com três ocorrências a menos.

A diretora geral do Complexo, Liliane Sena, destaca que a redução nos atendimentos de vítimas de acidentes de trânsito, de fato, coincidem com as medidas de isolamento social adotadas na Paraíba e que a tendência é que em junho os números também se mostrem reduzidos em função das medidas de combate à pandemia que ainda estão em vigor. “A diminuição da circulação de pessoas nas ruas e também nas estradas, de fato, teve destacada interferência nestes dados de maio”, reitera Liliane.

A diretora do Complexo, que também é referência para casos de Covid-19, aproveita e faz um lembrete à população: “É preciso manter o isolamento social para diminuirmos os casos de contágio da Covid-19 e com isso, de quebra, ainda reduzimos os casos de acidentes”.

Repórter PB

Destaques