Pacientes

Hospital do Bem realiza 198 sessões de quimioterapia e 1329 atendimentos ambulatoriais em seis meses de funcionamento

A diretora lembra que o Hospital do Bem só atende pacientes regulados, ou seja, com consultas e procedimentos já agendados previamente

O Hospital do Bem - unidade de oncologia do Sertão – em seis meses de funcionamento já contabiliza a realização de 198 sessões de quimioterapia e 1329 atendimentos ambulatoriais a pacientes de mais de 50 cidades do interior do estado. Somente nesta sexta-feira (15), nove sessões foram realizadas na unidade, que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos.

O Hospital, inaugurado em setembro do ano passado, tem atendimento ambulatorial, tratamento quimioterápico e cirúrgico, para quatro tipos de câncer: pele, próstata, mama e colo de útero. A sala de quimioterapia tem capacidade para atender dez pacientes simultaneamente.

A diretora geral do Complexo, Liliane Sena, reitera a importância do Hospital do Bem no atendimento de pacientes próximos de suas cidades. “Há seis meses, a dura rotina de ter que se deslocar cerca de 350 km, até a Capital, para realizarem seus tratamentos, mudou muito e impactou na melhoria da qualidade de vida de muitas pessoas, com a disponibilidade dos serviços oncológicos de média e alta complexidade em Patos, e isso representa um avanço significativo não apenas para o tratamento em si, mas para a qualidade de vida destes pacientes, que não enfrentam mais o desgaste do deslocamento nestas viagens muito longas”, observou Liliane.

A diretora lembra que o Hospital do Bem só atende pacientes regulados, ou seja, com consultas e procedimentos já agendados previamente, via Secretarias de Saúde dos municípios, através da Central de Regulação do estado. Nestes primeiros seis meses de funcionamento, os dois tipos de maior incidência de câncer atendidos na unidade são os de mama e de próstata.

 

 

 

 

Repórter PB

Destaques