Decisão

NA PB: Juíza manda soltar mulher presa após matar homem

Segundo Alcione, Wanderley Santos Cavalcante a teria estuprado e assassinado seu marido, do qual era amigo até a época do homicídio.

Nessa quarta-feira (20), a juíza Francilucy Rejane de Sousa Mota determinou a soltura de Maria Alcione, presa na terça-feira (19), após confessar matar um homem no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

Segundo Alcione, Wanderley Santos Cavalcante a teria estuprado e assassinado seu marido, do qual era amigo até a época do homicídio.

Ela confessou o crime e disse que agiu em legítima defesa.

Relembre: “Matei para não morrer”, disse mulher presa em flagrante, logo após assassinar homem na PB

Repórter PB

Destaques