Feminicídio

Jovem confessa ter assassinado a ex-namorada e conta como tudo aconteceu

Matheus não se conformou com o fim do relacionamento e passou a mandar mensagens para Ana Clara na tentativa de reencontrá-la e reatar o namoro.

O jovem de 20 anos que confessou ter assassinado a namorada de apenas 15 anos no município de Zabelê, na Paraíba, foi ouvido na tarde desta terça-feira, 11, pelo delegado seccional de Monteiro (PB), Jorge Luiz Almeida. Ele se entregou à Polícia de Pernambuco na cidade de Sertânia (PE) na manhã de ontem e foi conduzido para Monteiro em uma ação conjunta da Polícia Civil da Paraíba e Polícia Militar de Pernambuco.

O crime aconteceu na madrugada da segunda-feira, 10, quando o ex-namorado matou com pelo menos 30 facadas a adolescente Ana Clara Teixeira Feitosa no sítio da família dela no município paraibano de Zabelê. Ele teria assassinada Ana Clara por não aceitar o fim do relacionamento que já durava dois anos.

Após o crime, o jovem fugiu do local e foi encontrado na manhã de hoje na Delegacia de Sertânia (PE) onde resolveu se entregar por orientação de um tio, após ter fugido para o sítio dele no município de Sertânia.

Durante o interrogatório na Delegacia de Monteiro, o suspeito, Matheus Bezerra dos Santos, confessou o crime. Ele disse que conheceu Ana Clara quando ela tinha 12 anos através de uma amiga em comum, mas o namoro começou algum tempo depois. “Durante a pandemia da covid-19 eles chegaram a conviver juntos no sítio dos pais de Ana Clara, mas após uma discussão entre o casal em junho deste ano, o pai da adolescente disse que não queria mais a presença de Matheus na sua casa”, informou o delegado Jorge Luiz.

Matheus não se conformou com o fim do relacionamento e passou a mandar mensagens para Ana Clara na tentativa de reencontrá-la e reatar o namoro. Na noite do último domingo, dia 09 de agosto, ele estava no sítio de um amigo na cidade de Sertânia, quando decidiu entrar em contato com Ana Clara. A princípio, ela disse que não queria vê-lo, mas diante da insistência concordou ir ao seu encontro na cidade de Zabelê.

“Ao chegar em Zabelê, Matheus encontrou Ana Clara e perguntou se ela o amava, ao que ela respondeu que sim. No entanto, segundo o depoimento de Matheus, ela disse que teria ficado com outro rapaz da cidade e que não sabia, ao certo, quanto a um futuro do casal. Foi nesse momento que Matheus pegou uma faca e Ana Clara começou a correr, mas ele a alcançou e passou a desferir vários golpes em seu corpo, atingindo-lhe o pescoço. Ao perceber que tinha matado a ex-namorada ele fugiu por uma estrada em direção a Sertânia”, detalhou o delegado.

Ainda segundo o depoimento de Matheus Bezerra dos Santos, ele teria sofrido um acidente de moto e ficado desacordado durante a fuga. Quando acordou, andou cerca de 20 quilômetros até chegar no início da manhã de hoje ao sítio do seu tio, que perguntou o que tinha acontecido e o orientou a se entregar à Polícia.

Após ter sido ouvido pela Polícia Civil da Paraíba em Monteiro, Matheus Bezerra dos Santos passou pelos procedimentos de praxe, como exame de corpo de delito, e foi recolhido a uma unidade prisional. Agora deverá ficar à disposição da Justiça.

Repórter PB

Destaques